Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


Portrait Light: como a tecnologia de retratos para smartphones do Google foi desenvolvida

Os últimos anos já mostraram avanços surpreendentes na parte de inteligência artificial para o mundo da imagem. E grandes empresas seguem investindo com recursos e desenvolvimentos surpreendentes. Basta olhar para a forma como o Google desenvolveu a nova tecnologia Portrait Light.

Criada exclusivamente para smartphones Pixel da empresa, o novo sistema cria retratos e mudando a foto depois dela ser feira. Segue os moldes de outras tecnologias semelhantes como do modo retrato do iPhone.

Google Photos Android app gets update with Portrait Light mode, one-tap editing and UI overhaul: Digital Photography Review

 

O que surpreende é a maneira que o Google criou o sistema. Uma parafernália composta de 64 câmeras e 331 luzes LED. Os resultados (basta assistir ao vídeo) são fantásticos. O Google treinou a inteligência artificial para evoluir a iluminação nas fotografias feitas com os aparelhos. Ou seja, dá para mudar completamente as condições de luz depois direto no arquivo. Para desenvolver esse sistema o Google fotografou milhares de retratos.

De acordo com o Google, o algoritmo criado permite duas novas capacidades. ‎

  • ‎Colocação automática de luz direcional‎‎: Para um determinado retrato, o algoritmo coloca uma luz direcional sintética na cena consistente com a forma como um fotógrafo teria colocado uma fonte de luz fora da câmera no mundo real.‎
  • ‎Relighting pós-captura sintético‎‎: Para uma dada direção de iluminação e retrato, a luz sintética é adicionada de uma forma que parece realista e natural.‎

‎Em outras palavras, você pode criar iluminação como quiser em seu telefone depois de tirar a foto.