Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!

O retorno triunfante do QR Code

 

Uma matéria recente na respeitada revista Wired traz a chamada: o curioso retorno do (temido) QR Code. De anúncios na tevê a mídia impressa, de ações em pontos de vendas até pontos turísticos e museus. O QR Code retornou triunfante como opção óbvia e híbrida para esses tempos em que não podemos tocar as coisas. A força da tecnologia avançou com as câmeras de smartphone fazendo a leitura automática sem a necessidade de app. Quando isso aconteceu, e com todo mundo com um dispositivo no bolso, parecia um caminho natural aproveitar essa alternativa. Na fotografia não é diferente. Agora vemos produtos dos mais variados tipos (impressos) que trazem o uso do QR Code para dar uma outra dimensão para as imagens. Com áudios, vídeos associados. Com isso, a foto impressa em um porta-retrato ou álbum ou pendurada na parede ganha outra dimensão. Ou seja, aquele lance da criança assoprando as velinhas pode ter um vídeo junto mostrando os parabéns. Vale para convidar para um festa como foto convite, como produto de lançamento de uma iniciativa corporativa ou social.

HP Live Photo App Lets You View Photos as Augmented Reality Videos

Serve para inserir animações, slideshows ou vídeos. Serve ainda nos casos mais sofisticados para colocar efeitos sofisticados como joguinhos e interações que misturam o mundo real e digital. Marcas famosas estão usando os códigos do QR Code para as mais variadas ações. Spotify, Gillete, Snapchat e por aí vai. O WhatsApp criou a opção de você gerar um código QR Code para que as pessoas mirem a câmera e abre direto no app de mensagens. Serve para marketing, para encantar os clientes e aproveitar essa nova fase híbrida da fotografia. O que isso quer dizer? que com bilhões de pessoas com smartphone e a tecnologia finalmente acessível a todos tornar a foto muito mais do que uma mera imagem.

Leia também: a importância do propósito em um produto diferenciado e multimídia 

Amazon.com: Personalized AR Augmented Reality Birthday Cards for ...

 

No caso do Snapchat o sucesso é entrondoso. A empresa conseguiu tornar o recurso fácil de usar para seus usuários e hoje são 8 milhões de leituras de códigos por dia. Batizados de Snapcodes, a ferramenta faz sucesso. O exemplo do Snap mostra que até o nome QR Code pode ser chamado de outra coisa (marketing). No exemplo do Snap é chamado de Snapcodes. A matéria da Wired indica um futuro com mais QR Code e a tecnologia popularizada com força por toda a parte. Motivo: os óculos com tecnologia de realidade aumentada. Coisa que a própria Snap tem com seus óculos Spectacles. Na fotografia aqui e lá fora o uso dessa ferramenta depende do fotógrafo ou negócio de foto. Basta ter uma ideia, criar algo que vai além só de uma fotografia dando assim uma experiência mais completa aos consumidores. Assim eles terão mais tempo olhando para a sua criação no produto. Uma imagem que abre possibilidades muito maiores com multimídia. Em tempos de todo mundo em casa e com smartphone na mão parece muito apropriado.

Curtiu o tema? No próximo dia 24 de agosto começa a nova turma Foto+Produto. Uma semana inteira dedicada a importância do produto e as possibilidades para quem vive da fotografia. Saiba mais aqui: Foto+Produto. 

Adobe Aero Let Me Walk Through My Photographs in AR | Digital Trends