Apoie a FHOX Impressa e garanta recompensas incríveis!


O novo “autor” da Mona Lisa

Mona Lisa é uma das obras de arte mais famosas do mundo. A peça é uma das mais disputadas na visitação do Museu do Louvre em Paris. Pois Terence Eden, especialista (e entusiasta) da tecnologia blockchain, usou uma plataforma blockchain para mostrar como o protocolo digital precisa evoluir. Eden registrou a obra de arte como se ele fosse o autor e não o renascentista Leonardo Da Vinci. Eden contou tudo em um post do blog. A plataforma que foi enganada é a Verisart que registra e gera certificados confirmando autores. Eden diz que só precisou preencher os dados na Verisart e que seguiu todos os procedimentos requisitados. Assim ele conseguiu se tornar o autor da Monalisa sem muita dificuldade. O que Eden quis mostrar é que blockchain tem falhas e que ainda está muito longe do modelo ideal. Mesmo depois da notícia ser divulgada Eden continuava como autor da Mona Lisa no site da Verisart.

>> Será que a tecnologia blockchain vai revolucionar a fotografia? 

Blockchain é uma tecnologia que descentraliza os controles e verificações tornando todas as transações mais seguras e (teoricamente) totalmente confiáveis.

>> CAMERACLUB: BENEFÍCIOS E DESCONTOS EM MAIS DE 2 MIL VANTAGENS EM UMA COMUNIDADE COM MAIS DE 4 MIL MEMBROS 

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.