Inovação & Tech 3 anos atrás | Redação

O drone que bate e não quebra

Protótipo foi criado na Suiça inspirado em insetos. Modelo flexível absorve impactos e segue voando normalmente mesmo após bater

por Revista FHOX

dronemoolenga_01

Um dos principais desafios dos drones é a questão da segurança. Acidentes são frequentes e os fabricantes sempre estão em busca de soluções. Um time de pesquisadores suíços criou um drone inspirado na estrutura de insetos. Com isso o equipamento resiste a batidas e quedas sem sofrer grandes danos. O esqueleto do dispositivo é rígido, mas ao mesmo tempo flexível. Isso faz com que no caso de colisões, ele absorva e se retraia com o impacto. Um dos inventores, Stefano Mintchev, disse que a solução foi criada com base em pesquisas em asas de insetos. Com a tecnologia, o drone duro na queda resiste duas vezes mais aos impactos do que um dispositivo comum. Além do material flexível e leve, as juntas que conectam as peças são totalmente magnéticas. Quando o drone colide, as juntas magnéticas se solta ajudando na absorção de impactos. Uma bela ideia. Resta saber quando (e se) chegará ao mercado.