Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!

A memória faz parte do que somos. Não perca nenhuma imagem nesta virada de ano!

Por Jucelene Oliveira

Em um mundo cada vez mais digital, em que tirar fotos e produzir vídeos se tornaram hábitos tão comuns quanto escovar os dentes, como é possível garantir a segurança desse conteúdo tão importante para todos nós? Onde e como guardá-los? E em caso de perda, há o que fazer, além de se desesperar?

FHOX conversou com Samantha Soifer, diretora da Seagate, que compartilhou sua experiência. Líder global no fornecimento de soluções de armazenamento de dados, a Seagate é responsável por guardar 40% de todo material digital produzido no mundo. Por trás dos data centers, a empresa oferece infraestrutura para que Google e Apple possam oferecer serviço de armazenamento seguro aos seus milhares de clientes.

“Não existe ninguém que não tenha conteúdo digital para armazenar”, disse ela. Já em contrapartida, pesquisas apontam que “uma em cada quatro pessoas não faz qualquer tipo de backup”. Assustador, não? Estranho mesmo é saber que em 2020, ou seja, daqui a apenas três anos, será alcançado o número de 160 zetabytes de arquivos digitais.

Estranho mesmo é saber que em 2020 será alcançado o número de 160 zetabytes de arquivos digitais. O que isso significa? Já ouvimos falar de terabyte e megabyte. Estamos caminhando para um número gigantesco de zeros de armazenamento digital.

O que isso significa? Já ouvimos falar de terabyte (unidade de medida de dispositivos de armazenamento, igual a um trilhão de bytes), o padrão de um HD externo, e também megabyte (unidade de medida de capacidade de memória que vale 1.084.574 bytes). Estamos caminhando para um número gigantesco de zeros de armazenamento digital.

Para os profissionais que trabalham com criação e/ou manipulação digital, como fotógrafos, existe a linha de HDs LaCie. “Essa linha possui um design único e estilizado, mas seu grande diferencial são as múltiplas interfaces que permitem uma taxa de transmissão muito superior ao USB normal”, explica.

A linha de HDs LaCie* é uma marca altamente conhecida no mercado de fotografia, justamente por atender a demanda de produção, velocidade e segurança que esse business exige.

Mas em caso de perda dos arquivos, existe um aplicativo chamado Seagate Backup que está disponível gratuitamente na Play Store e Apple Store. Com ele, basta conectar o HD no computador, conectar o celular na mesma rede e enviar fotos e arquivos pelo aplicativo, direto para o HD do usuário. É ideal para as pessoas que estão sempre viajando e ficam sem espaço de armazenamento no celular. Recentemente, a Seagate também incluiu o serviço de recuperação de dados para grande parte dos HDs da Lacie*.

Fato é que a cada dia passamos mais tempo conectados. O principal benefício da organização digital é permitir que o usuário gerencie melhor todas as informações que chegam até ele para evitar a perda das memórias, tão importantes para todos nós.

A live na íntegra pode ser conferida no Facebook da FHOX: FHOXonline.

Para conhecer a loja online oficial, basta acessar: www.laciestore.com.br