Lançamentos 2 anos atrás | Leo Saldanha

Magipix: a realidade aumentada chegou aos álbuns de fotografia

Startup gaúcha cria plataforma de realidade aumentada e gera uma nova relação com as fotos impressas

por Revista FHOX

Magipix1

Na Feira Fotografar 2017, a Magipix fez sucesso no estande da Viacolor com a novidade criada pelos gaúchos Edinei Teixeira, Leonardo Fernandes Schenkele e Wagner Escouto (na foto acima). A aplicação inovadora permite ao usuário escolher e subir rapidamente os vídeos. Depois é só abrir o app para ver o vídeo em funcionamento usando o app da Magipix (disponível para iOS e Android). O grande diferencial é que os vídeos carregam de uma forma instantânea no aplicativo, para álbuns e fotos avulsas, tornando-se uma possibilidade multimídia de folhear um álbum muito mais completa. O usuário abre uma lâmina de álbum de casamento, por exemplo, e passando o smartphone com o app Magipix aberto, consegue ver a entrada da noiva em vídeo.

magipix2
Magipix presente no estande da Go Image na Fotografar 2017

Aceitação – Teixeira conta que inicialmente a ideia era criar um diferencial para a venda de álbuns de formatura da ST Produções. “Havíamos tentado com algumas tecnologias existentes, tais como QR Code e outros aplicativos de realidade aumentada, mas não obtivemos sucesso porque as opções eram financeiramente inviáveis ou tecnicamente ineficientes.” Ali surgia a ideia de criar o próprio app. “Após uma fase de testes com os clientes da ST Produções, com alto nível de satisfação, resolvemos mostrar para alguns fotógrafos e encadernadoras. A partir desse momento foi unânime a opinião de quem conheceu o protótipo, de que deveríamos criar uma plataforma disponível para todo o mercado fotográfico”, diz. Na visão dele, a plataforma surge para o fotógrafo ter autonomia total na criação de projetos. E tudo de forma intuitiva e simples. “Um importante diferencial da Magipix é que nosso app funciona também off-line, podendo ser utilizado em modo avião. Isso garante ao usuário a experiência da realidade aumentada de forma instantânea quando o celular é apontado para a foto, ou seja, a experiência não é interrompida por notificações de mensagens ou ligações no momento em que ele estiver assistindo aos vídeos”, conta Teixeira. O uso é simplificado e editor on-line na plataforma serve para o fotógrafo criar e subir os vídeos em menos de cinco minutos.

O alvo da empresa são fotógrafos sociais, videomakers, encadernadoras e mercado publicitário. Alguns fotógrafos, como Daniel Henrique e José Zignani, já estão usando a ferramenta em álbuns de casamento ou gestante, na forma de agradecimento do casal no marcador de mesas dos convidados e em convites de festas.

“Os fotógrafos que fizeram mostruário logo após a Feira Fotografar estão colhendo muitos frutos. Alguns gravaram depoimentos que se encontram no nosso site. É um produto que foi desenhado para atender à demanda dos fotógrafos, em facilidade de produção, custo adequado ao mercado e a usabilidade pelo cliente final. Temos vários relatos de fotógrafos que passaram a fechar todos os trabalhos com pacotes incluindo o book”, diz Teixeira.

Você pode fazer o teste do Magipix por download nas lojas da Apple ou Android. Aproveite e veja o making of da “Matéria de Capa” desta edição sobre newborn. Saiba mais em www.magipix.com.br.