Inovação & Tech 3 anos atrás | Leo Saldanha

Kodak lança criptomoeda para fotógrafos e uma nova plataforma para caçar fotos roubadas

A notícia foi anunciada na CES em Las Vegas e as ações da Kodak subiram quase 200%. Empresa faz uso da inovadora tecnologia Blockchain

por Revista FHOX
Cred. Wired

Primeiro é bom destacar: essa notícia se refere a Kodak Eastman e não a Kodak Alaris (papel fotográfico, impressoras e quiosques). Segundo, a novidade chega via licenciamento da WENN Digital. Embalada pela onda do Bitcoin e afins, a nova moeda da Kodak foi batizada de KodakCoin.

O que é KODAKCoin? É uma criptomoeda que remunerar os fotógrafos. Ela funciona com a tecnologia Blockchain o que permite identificar de forma precisa se a foto é daquele profissional e enviar o pagamento para o fotógrafo. Ajudará ainda a bloquear qualquer violação de direitos autorais. Vale destacar que a KODAKCoin vale para fotógrafos individuais e também para agências e empresas que trabalham com fotografias. A plataforma que vai viabilizar essas transações usa a tecnologia Blockchain (via KODAKOne) que está revolucionando os meios de pagamento e que tende a afetar bancos tradicionais, etc.

O que é o KODAKOne? É a plataforma de distribuição que segundo a empresa vai tornar mais barato, rápido e seguro a venda de imagens digitais para fotógrafos e empresas de imagem.
Ou seja, a Kodak lançou tanto um canal quanto um meio de pagamento para atender aos profissionais. O fotógrafo recebe o dinheiro rapidamente pelas fotos que comercializa em um sistema seguro.


Por que pode fazer sucesso? Porque até mesmo imagens antigas podem ser incluídas no KODAKOne e a plataforma vai rastrear o uso sem autorização e remunerar o fotógrafo com a cobrança do uso de imagem. Segundo a Kodak, o sistema vai pesquisar com frequência na internet para encontrar ladrões de imagem e a ajudar o profissional a recuperar ganhos perdidos. Uma forma interessante de proteger o interesse do fotógrafo em tempos de redes socais e abusos frequentes com fotos roubadas. O que está gerando questionamentos é o uso de uma moeda virtual no pagamento ao fotógrafo. Muitos meios de comunicação (sobretudo de fora) dizem que receber o pagamento da Kodak não será tão simples quanto parece (leia mais nos links ao fim desse post).


Otimismo – As ações da Kodak subiram muito desde o anúncio da novidade. Em um momento chegou a valorizar 300% na bolsa norte-americana e agora está em 120% de valorização.
Blockchain, Bitcoin e criptomoedas estão na moda. Algo que o próprio CEO da Kodak disse no comunicado oficial: “Para muitos na indústria de tecnologia são termos da vez, mas para os fotógrafos que há muito se esforçaram para afirmar o controle sobre seu trabalho, essas tecnologias são importantes para resolver o que parecia ser impossível de resolver” disse Jeff Clarke (CEO da Kodak). “A Kodak sempre procurou democratizar a fotografia e tornar o licenciamento justo para os artistas. Essas tecnologias dão à comunidade de fotografia uma maneira inovadora e fácil de fazer exatamente isso” complementou. Em tempo:  faz dois anos que a Kodak anunciou uma câmera de Super 8 que combinava analógico e digital. O lançamento causou certo furor e não se desenvolveu bem de lá para cá. Em 2017, as ações da marca tinham caído 70% e a empresa anunciou demissões em Rochester já no fim do ano passado. Seja como for, o anúncio dessa semana reverteu o quadro negativo (pelo menos por enquanto) de um ano bem ruim para a Kodak (Eastman). Resta saber se a KodakCoin vai ajudar a levantar a cotação da empresa durante todo esse ano que vem pela frente.

>> O momento da Kodak Alaris 

O minerador da Kodak para Bitcoin. Segundo consta, a empresa vai instalar vários desses equipamentos na sede em Rochester para minerar “dentro de casa”

Polêmica – A marca ainda anunciou um equipamento de mineração para BitCoins (que será alugado). Esse lançamento gerou forte repercussão (boa parte negativa) da mídia internacional. A KodakCoin lançará sua oferta inicial de moedas em 31 de janeiro. Saiba mais: https://kodakcoin.com/

Veja um pouco da repercussão do anúncio da Kodak na mídia mundial:

“Só ontem a Kodak teve valor de mercado adicionado em 431 milhões de dólares”Fortune

“Kodak lançando sua própria Bitcoin é sinal de que a bolha das criptomoedas vai estourar” – Alphr

“Boa sorte na hora de vender suas moedas KodakCoin” Bloomberg

“Kodak lança plataforma e moeda virtual” Dpreview

“Quando uma empresa adotar uma criptomoeda, é melhor correr” InfoMoney 

KodakCoin – jogada de mestreMeioBit

Muito bem Kodak… – o post da Wired sobre o assunto

A aposta dúbia da Kodak – NYT

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.