Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!

Inteligência artificial segue avançando na fotografia

Rede neural criada por pesquisadores israelenses permite editar fotos só digitando o que quer alterar

A notícia foi destaque em matéria no CanalTech. Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, desenvolveu um sistema capaz de fazer mudanças realistas em fotografias, baseado em uma tecnologia conhecida como e Generative Adversarial Network (GAN), ou Redes Gerativas Adversárias em uma tradução livre. Para gerar rostos reais de pessoas que não existem, o usuário precisa apenas digitar informações sobre determinada característica ou simplesmente modificar traços de fisionomia que já existem como tipo de cabelo, cor da pele, tamanho dos olhos e formato da boca, dando uma nova aparência a imagens originais.

GANs são redes neurais de inteligência artificial. Basicamente elas funcionam em conjunto duplos que atuam juntos (uma contra a outra). Ou seja, o sistema confronta duas bases de dados de fotografias e junta as características das duas em uma terceira imagem com base na “disputa” entre os sistemas. Saiba os detalhes clicando aqui: Universidade de Tel Aviv