Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


Instagram supera Facebook em interações no Brasil e outras informações importantes sobre negócios e redes sociais

Não chega a ser surpresa essa notícia. Sobretudo pela notável força do Instagram para os mais variados usos tanto aqui quanto lá fora. O que a pesquisa da Socialbakers mostra é que no Instagram ocorreu um total de interações 20 vezes maior do que o Facebook. Isso levando em conta os 50 maiores perfis de marcas brasileiras e internacionais. A plataforma comparou as postagens do Facebook e a relação de interação não chega perto ao Instagram. E olha que as empresas publicaram mais posts no Facebook.

Yuval Bem-Itzhak, CEO da Socialbakers, disse em um comunicado para a imprensa que o resultado já era conhecido faz um tempo. Mas que só agora se tornou oficial. Especialistas já se perguntam se esse é o começo do fim do Facebook? Talvez seja muito cedo para atestar isso. Para se ter ideia, semanalmente a FHOX nos canais de Facebook tem em média entre 5 e 6 mil usuários engajados com matérias e postagens. E isso mesmo sem curtidas, já que muitos leem as matérias sem curtir (seria uma forma de não mostrar aos outros o que estaria lendo?).


Das empresas avaliadas pela pesquisa, o perfil da Netflix se mostrou o mais forte no Brasil. Com nível de engajamento no Instagram na casa dos 20 milhões de interações com só 122 postagens entre outubro e dezembro de 2019. Ou seja, extremamente poderosa em engajamento. Lembrando que a Netflix no Instagram tem mais 17 milhões de seguidores.

https://www.instagram.com/p/B9UxF1egKMF/

Outras marcas poderosas:
– Lojas Americanas com 18.5 milhões de interações em 1882 postagens.
– Grão de Gente com 4.5 milhões de interações em 807 postagens.
– Hotel Urbano com 12.8 milhões de interações em 1915 postagens.
– Arezzo com 3.5 milhões de interações em 289 postagens.

https://www.instagram.com/p/B9VAC4aBAdw/

Para comprovar que o Facebook não está morto o estudo apresentou dados das marcas por lá também:
– Hotel Urbano com 12.8 milhões de seguidores e com 10 milhões de interações em 2507 postagens.
– Salon Line com 4.4 milhões de interação em 181 postagens
– Netflix com 3.5 milhões de interações em 195 postagens.

O que só comprova que não é porque você está no Instagram que não deve olhar para o Facebook. A pesquisa trouxe ainda uma queda geral no engajamento das marcas para o quarto trimestre de 2019 em comparação com o mesmo período de 2018. Seria efeito das mudanças no algoritmo e o encerramento da visualização de curtidas no Instagram? Difícil dizer.


Não esqueça do WhatsApp – o aplicativo de mensagens atingiu a incrível marca de 2 bilhões de usuários no mundo em fevereiro passado. Só 500 milhões a menos que a base total do Facebook (2.5 bilhão de usuários ativos mês). Entre novidades recentes da aplicação estão o modo escuro, filtros e uma série de novas ferramentas para WhatsApp para negócios que facilitam a vida de empreendedores que usam a ferramenta para vender on-line. Lembrando que o Facebook integra cada vez mais o Facebook, Instagram e WhatsApp.


No fim a sensação que fica é que o Facebook/Instagram são ao mesmo tempo vitrines e verdadeiras lojas on-line e o WhatsApp funciona como vendedor/pós-venda e relacionamento.
Se grandes marcas lidam de forma grandiosa com as redes sociais, como é o comportamento dos franqueados de franquias famosas do Brasil. Uma pesquisa da Pequenas Empresas e Grandes Negócios mostrou um panorama completo disso com dados esclarecedores. O estudo foi feito sob encomenda pelo Grupo MD, especializado no setor. A pesquisa ouviu 673 donos de unidades. Os principais resultados foram apresentados nessa matéria exclusiva da Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Veja um resumo nos gráficos abaixo.

Se quiser e precisar de ajuda com seu marketing na fotografia conte com o R.U.M.O da Escola de Negócios FHOX.