Inovação & Tech 3 semanas atrás | Leo Saldanha

Instagram financia vídeos de influenciadores e celebridades (mas não pode falar de política)

A notícia foi destaque nos últimos dias em sites de tecnologia e negócios daqui e de fora

por Revista FHOX
Foto: IGTV

Segundo informações da Bloomberg, o Instagram pode bancar custos de produção de vídeos de celebridades e influenciadores digitais para o IGTV nos Estados Unidos. Mas para conseguir essa ajuda existe uma condição: o financiado não pode abordar política, questões sociais e eleições nos vídeos. A informação circulou depois que um dos influenciadores enviou uma cópia do documento com as condições para a Bloomberg. A cláusula incomodou os influenciadores e também produtores abordados pelo Instagram. Vale lembrar que o Facebook é alvo de fortes críticas sobre campanhas políticas e discurso online político dentro das suas plataformas. E lembrando ainda que o Twitter recentemente aboliu a possibilidade de fazer anúncios políticos pagos dentro da rede social. O que é curioso é que o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, disse inúmeras vezes que a liberdade de expressão e posicionamento ideológico deve ser livre no Facebook.

Leia também: R.U.M.O – uma novidade da Escola de Negócios Fhox

A maior rede social do mundo respondeu para a Bloomberg dizendo que a rede social bancou alguns pequenos custos de produção para vídeos nas plataformas da marca. Mas que a empresa acredita existir um diferença considerável entre permitir conteúdo político e financiar iniciativas desse tipo. O fato é que essa diretriz apolítica parece ser exclusiva do Instagram. E que cada produto do Facebook tem suas próprias orientações. Curioso é notar que de fato o Instagram parece “menos exposto” a postagens políticas e notícias falsas do que o Facebook por exemplo. Contudo, o novo CEO do Instagram mostra preocupação com as eleições norte-americanas de 2020 para presidente. Adam Mosseri disse que o Instagram pode ser um alvo tão grande quanto o Facebook no ano que vem. O que faz sentido, já que as pessoas “baixam a guarda” nessa rede social. Enquanto isso o Instagram segue apostando as fichas no IGTV para bater de frente com o YouTube. A plataforma de vídeos do Instagram estreou em 2018 (junho) e mesmo com a força do Instagram, o IGTV ainda não decolou como se poderia imaginar. A matéria da Bloomberg mostra que as celebridades do Instagram não parecem usar muito (ou nem usam nada) do IGTV e o índice de audiência comparado com o YouTube está bem abaixo para uma rede social com 1 bilhão de usuários no mundo.

APOIE O MELHOR CONTEÚDO!
A MISSÃO DA FHOX SEGUE A MESMA FAZ 30 ANOS. NOSSO OBJETIVO É LEVAR INFORMAÇÃO ÚTIL E DE QUALIDADE PARA AJUDAR OS LEITORES QUE ATUAM E APRECIAM A FOTOGRAFIA. A FHOX É MUITO MAIS DO QUE UMA REVISTA, TRATA-SE DE UMA PLATAFORMA INTEGRADA QUE OFERECE CONTEÚDOS EM DIFERENTES CANAIS (SITE, IMPRESSO, EVENTOS, VÍDEOS E PODCAST). UMA CENTRAL DE INTELIGÊNCIA DE MERCADO PARA FOMENTAR AS MELHORES PRÁTICAS E NEGÓCIOS DA FOTOGRAFIA. ASSINE A FHOX! E NOS AJUDE A CONTINUAR CRIANDO MELHOR INFORMAÇÃO PARA VOCÊ!