Conheça o ImageCon - Conferência do Imaginário

Fotógrafo e criador de filtros do Instagram

Facebook & Instagram AR filters for business — improve brand awareness  using augmented reality masks - YouTube

A FHOX já destacou aqui antes esse novo mercado dos filtros de realidade aumentada. Virou um mercado em expansão e que deve se tornar maior do boom que ocorreu com o avanço dos smartphones. Hoje vários profissionais do Brasil e de fora faturam bem com a venda desses filtros. Os compradores podem ser desde pessoas comuns até empresas e influenciadores. O fato é que nos últimos meses, os filtros do Instagram Stories ganharam grande popularidade. São efeitos variados que os usuários podem usar para publicar na rede social para fazer Stories divertidos e mais atraentes, e que atraiu também as celebridades. Kenzi Marinho, fotógrafo e publicitário, sempre se destacou no mercado por retratar fotos espontâneas e autênticas, em eventos e grandes festivais pelo país. Porém com a chegada da pandemia, Kenzi sentiu a necessidade de transição do seu trabalho para o digital. A pandemia chegou no inicio de 2020 e consequentemente congelou todos os eventos que o fotografo tinha na agenda. Por já ter conhecimento em outros programas de manipulação de imagem e programação, Kenzi, resolveu dedicar-se as ferramentas de realidade aumentada mais a fundo sobre o desenvolvimento de projetos e, criou algumas parcerias pontuais com estratégias de marketing e nos meses seguintes o número de clientes foi aumentando, e gerou fila de espera para criação de novos projetos.

 

How to Make Your Own Instagram AR Filters: A Step-by-Step Guide

Kenzi nem imaginava que algum dia teria seus projetos (filtro do Instagram) sendo utilizado por mais de 160 mil pessoas diariamente e gerando cerca de 40 milhões de impressões por dia no Instagram. “Desenvolvi projetos para grandes influenciadores e despertou interesse nas agências e passei a criar filtros para os clientes das agências, sendo um deles a Le Biscuit, uma gigante marca de varejo no Brasil. Hoje, atendo a nível nacional com filas de demandas. Não dá para vender o filtro pelo filtro, ou fazer só o que está bombando no momento. Planejamento e estratégia são importantes, porque o filtro é um investimento que tem um retorno muito positivo se for bem pensado. É preciso ter um estudo do público do cliente, entender do que esse público gosta, o que ele consome, o que combina com a marca”  disse Kenzi. Esse sucesso no mundo virtual abriu portas para o fotógrafo empreender e se manter no mercado. Além de comercializarem os filtros e às vezes ganharem dinheiro com palestras e tutoriais, muitos criadores faturam ainda divulgando efeitos de empresas. Algo que é interessante para as marcas que aparece de uma forma dinâmica e divertida nas redes sociais seja com usuários ou influenciadores.