Inovação & Tech 1 semana atrás | Redação

Essa câmera assume o posto de mais poderosa do mundo

Cientistas do SLAC National Accelerator Laboratory fizeram algo inédito. É a primeira vez que uma câmera produz um único arquivo no mesmo clique com 3,2 bilhões de pixels

por Revista FHOX

Pesquisadores do Laboratório Nacional de Aceleração SLAC do Departamento de Energia capturaram imagens de 3.200MP. Tratam-se das maiores fotos já capturadas em um único clique. A câmera possui 189 sensores de imagem individuais e será futura câmera do telescópio Legacy Survey of Space and Time (LSST) no Observatório Vera C. Rubin, no Chile.

O equipamento será usado para pesquisar a matéria escura (um dos grandes mistérios do universo). A tecnologia usada combina os sensores e foram seis meses de desenvolvimento em um processo caríssimo de produção. Para chegar em uma foto com 3.2 gigapixels seriam necesário 378 televisores de definição UHD 4K para exibir uma imagem dessas com sua resolução total, de acordo com um comunicado de imprensa do SLAC.

A câmera estará instalada em dois ou três anos. Com essa capacidade poderosa a câmera consegue captar um objeto pequeno como uma bola de golfe a 24 quilômetros de distância e tem campo de visão suficiente para incluir 40 luas cheias. É tão poderosa que é capaz de capturar objetos 100 milhões de vezes mais escuros do os visíveis ao olho nu. Ainda em 2020 os pesquisadores devem inserir a lente e obturador. Depois de terminada é que será levado para o observatório Rubin no Chile. O projeto das super fotografias começa em 2022 e vai até 2032. Já pensou fotografar com uma câmera dessas?