Conheça o ImageCon - Conferência do Imaginário

Envie todas as suas fotos e nós fazemos o resto

A cena é comum. O consumidor final abre o smartphone, vai fotografar e vem o aviso na tela de que está sem memória para clicar mais. Ele abre o rolo da câmera e decide deletar fotos para poder fotografar mais. Quais eliminar? E Agora que não tenho back up? A mesma situação pode se repetir com um tablet, uma câmera com cartão de memória cheio e que não foi descarregado ou o HD do computador. A ideia de curadoria dessas memórias não chega a ser uma novidade, mais a Tweed Wolf criou um serviço on-line que vem chamando a atenção lá fora. A empresa norte-americana pega os arquivos dos clientes e cria produtos impressos personalizados. Sobretudo photo books, mas também com fotos impressas de forma avulsa. A ideia do negócio é de Julie Fajgenbaum, que em 2015 percebeu que não tinha fotos impressas e nem álbuns dos filhos (sensação cada vez mais recorrente entre famílias do mundo todo). Assim ela decidiu criar a Tweed Wolf e no cardápio estão álbuns, cartões personalizados (muito comum nos Estados Unidos) e caixas de luxo.

A empresa de Nova York diz trabalhar com especialistas que cuidam do design, da produção e montagem final. Os álbuns são feitos com matérias de alta qualidade. Com quatro linhas de álbuns do mais simples ao mais caro. Opções de personalizar com a foto na capa e acabamentos especiais estão nos pacotes. A quantidade de páginas vai de 100 a 180. Nos formatos 18×23 até 30 por 30 cm. Existe uma linha ainda mais premium que custa 700 dólares. Impressa em papel fotográfico da mais qualidade e com a promessa de durar por gerações.

Tweed Wolf atende consumidores finais para álbuns de família, viagens, newborn e de casamento. Aliás, a empresa criou uma área no site só para receber as fotos de casamento. Talvez justamente de olho nos clientes que compram só fotos digitais e depois ficam sem algo impressa. E como vai o negócio? A dona diz que vai bem. A Tweed Wolf dobrou de faturamento em 2017 e espera dobrar de novo em 2018. Lembrando que o mercado de álbuns nos EUA fatura 10 bilhões de dólares por ano.

Leia também: a estratégia da Best Buy para vender mais câmeras 

A CEO e fundadora, Julie Fajgenbaum, disse em várias entrevistas que a empresa funciona como  um concierge fotográfico. A combinação de um sistema de inteligência artificial com designers talentosos criou um serviço inovador. A Tweed Wolf imprime álbuns com capa dura e com acabamentos em linho, couro, no estilo layflat. Uma das vantagens é que o sistema de IA cria o álbum para o consumidor. diminuindo a dor de cabeça em escolher, editar, etc. Afinal, as pessoas estão cada vez com menos paciência para criar seus próprios álbuns. A escolha da foto e edição é feita de forma a contar uma história com tratamento especial das imagens. Depois de finalizado, uma prova digital é enviada para aprovação antes da impressão. Segundo Julie, hoje a maior procura é por álbuns de casamento e família. A concorrência de Tweed Wolf é contra gigantes norte-americanas como Shutterfly e Snapfish. Segundo a CEO, a diferença é que a oferta dela é personalizada. E vem fazendo sucesso porque cria tudo de forma automática. Enquanto nos grandes serviços on-line a criação do álbum pode levar 40 horas e muitas vezes ser abandonada. O apelo da facilidade aliada ao diferencial de matérias sofisticados e álbuns premium parece estar dando certo. Julie é programadora e desenvolveu todo o sistema. Formada em negócios nos anos 1990, ela diz que se surpreendeu com as margens desse negócio. Julie vem obtendo destaque na mídia norte-americana, sobretudo na cena empreendedora de Nova York. Pelos reviews de consumidoras daquele país, tudo é ótimo tirando um problema: o prazo. Diferente das grandes, o tempo de entrega pode ser mais longo (até três semanas) e isso parece incomodar aos consumidores finais. Não existe informação se a impressão é própria ou terceirizada. Tudo indica que ela usa um parceiro, o que explicaria a entrega mais demorada. Seja como for, trata-se de um case notável pela ideia do concierge fotográfico. Cuidar das memórias e atender clientes que talvez não tenham recebido a opção de álbuns dos fotógrafos contratados. Ainda bem que alguém pensou em cuidar disso com carinho.

Saiba mais: https://www.tweedwolf.com/

 

>> Quer conhecer a nova FHOX de graça? 

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.