Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


Dinheiro: a estratégia do Snapchat para recuperar usuários

 

Resultado de imagem para spotlight snapchat nyt

A iniciativa de incentivo do Spotlight foi lançada em novembro passado. Basicamente o Snap Inc. está pagando para que as pessoas postem. A notícia foi destaque em matéria recente da Exame. De acordo com a publicação, um tiktoker famoso publicou um vídeo para testar o recurso do Spotlight e deu tão certo que ele faturou uma bela grana com a nova ferramenta do Snapchat. Claro, Cam Casey que ilustra o exemplo tem sete milhões de seguidores e usou um vídeo com potencial (uma garrafa de Coca-Cola explodindo) mas de qualquer forma não deixa de comprovar a agressividade do app para atrair usuários. Sobretudo aqueles com o mesmo perfil de Casey, influenciadores. Importante dizer que até agora Casey levantou mais de 3 milhões de dólares só por conta dos conteúdos virais que publicou no Spotlight. Obviamente isso atraiu outros. Ou como a própria Exame explica:

Resultado de imagem para spotlight snapchat nyt

A empresa lançou o Spotlight em novembro e está “distribuindo mais de US$ 1 milhão todos os dias para snapchatters”, disse um porta-voz. (Não foi especificada uma data final para a distribuição diária de tanto dinheiro.) Muitos desses novos magnatas do Snapchat são astros famosos do TikTok e influenciadores da Geração Z, mas os usuários médios também estão lucrando na internet depois que seus vídeos viralizaram. Andrea Romo, de 27 anos, ganha US$ 12,50 por hora como associada de mercadorias na loja Lowe’s em Albuquerque, no Novo México. Ela não se considera uma influenciadora de mídia social, mas gosta de enviar mensagens a amigos no Snapchat há anos. Quando notou o novo recurso do Spotlight no Dia de Ação de Graças, decidiu enviar um vídeo de sua irmã fritando um peru.

Duas semanas depois, Romo descobriu que seu vídeo era tão popular que lhe havia rendido cerca de US$ 500 mil. “Foi uma grande surpresa ganhar dinheiro postando um vídeo de algo totalmente aleatório”, comentou ela. (A empresa divulgou que determina valores de pagamento com base em visualizações exclusivas dos vídeos e métricas internas proprietárias.)

Snapchat Spotlight

Curioso é notar esse movimento do Snapchat para voltar a atrair usuários. Justamente usando algo que ajudou a criar. Pois basta lembrar que o Stories e os conteúdos dinâmicos foram crias da marca que foram incorporados pelo Instagram. Caso do Stories. Agora com o Spotlight, Snap Inc. combate TikTok e Reels do Insta na mesma medida. Vídeos dinâmicos, rápidos e divertidos. E tudo com a força de um algoritmo poderoso. O que faz sucesso nesse canal também bomba no TikTok. Caso de vídeos com pegadinhas, tutoriais rápidos, coisas fofas e bobas.

 

O que chama a atenção aqui é que quem também fatura com esse programa de incentivo não é só influenciador. Embora quem esteja faturando mais são os criadores profissionais de conteúdo como a própria matéria da Exame diz. E claro, com a entrada de mais pessoas em busca de dinheiro, os ganhos estão caindo. Até grupos de snapchatters foram criados para discutir estratégias de como faturar mais com a função. Ah, o recurso ainda não está disponível para brasileiros. Só para EUA, Reino Unido, Alemanha, França e Austrália. Se você é brasileiro em um desses países é bom ficar atento e quem sabe tentar a sorte.

O Snapchat quer que você poste, e paga milhões por isso; saiba como | Exame