Conheça o ImageCon - Conferência do Imaginário

Câmeras: O que vem por aí em 2019?

Avanços tecnológico em vídeo, novos modelos full-frame e a consolidação do sistema mirrorless como o principal devem ser apenas alguns dos “movimentos” do mercado fotográfico mundial em 2019. A FHOX separou os destaques para ficar de olho:

O ano da fotografia computacional. Lembrando que 2018 foi o ano das mirrorless full-frame. Logo não é difícil imaginar que 2019 será uma extensão disso. Até porque agora envolve todas as marcas do ramo. Caso da Canon e Nikon. O fato é que 2019 deve ter diversos lançamentos em equipamentos (como sempre). Contudo, o que deve mudar é o avanço do software nesses equipamentos. E a inteligência artificial que já se faz presente em smartphones de ponta deve chegar com força nos equipamentos fotográficos. Na prática veremos câmeras que farão leituras e adaptações de forma inteligente e personalizada para cada ambiente em que o fotógrafo se encontra.

Leia também: Movimento Imprimir 

Vídeo 8K. O 4K nem pegou direito, mas as indicações da CES (maior feira de tecnologia do mundo que ocorreu em Las Vegas na semana passada) comprovam a tendência. E com câmeras mais parrudas em seus sensores, é natural vermos mirrorless full-frame com essa qualidade superior em vídeo. Por enquanto, o 4K segue com tudo em modelos como Sony A7 III, Nikon Z6, Panasonic S1 e S1R (ambas full-frame) chegam para competir com as fabricantes mencionadas anteriormente. Já a Panasonic anunciou que suas primeiras câmeras mirrorless full-frame chegarão em março desse ano. Os modelos S1 e S1R terão altíssima qualidade de imagem para os fotógrafos. Com capacidade de filmar em 4K. Não existe muitos detalhes sobre esses lançamentos. Lembrando que a Panasonic está trabalhando com a Leica e a Sigma novo sistema L-Mount. Algo que estará disponível nesses dois equipamentos. Além de vídeo em 4K, as mirrorless terão estabilização de imagem dupla, contraste AF e uma tecnologia de profundidade de desfoque. Com entrada de cartão duplo para formato XQD e SD e tela de LCD inclinável de 3 eixos. A Olympus vai lançar uma nova câmera sem espelho no próximo dia 24 de janeiro. Pouco se sabe sobre qual modelo se trata. Especula-se que será mais uma full-frame para disputar nesse mercado.O fato é que independente de modelos e qualidade, o avanço das mirrorless também está ligado ao fato de que os fabricantes estão investindo em mais recursos para não só fotografar, mas também filmar com altíssima qualidade com esses equipamentos.

Um trabalho mundial consistente. A Fujifilm disse que não vai apostar em full-frame nas mirrorless. E nem precisa. Com câmeras de médio formato sem espelho como a GFX 50R e 100 isso se tornou desnecessário. A Fujifilm conquistou fotógrafos profissionais de vários segmentos (sobretudo fotografia de rua e casamento) e deve seguir surpreendendo em 2019. A expectativa para um substituto para X-T20 (X-T30?) nesse começo de ano parece eminente. A empresa (junto com a Sony) tem feito um trabalho consistente nos lançamentos, atualizações e novidades para os fotógrafos que curtem o sistema. Em 2019 não deve ser diferente. Lembrando que a marca passou a dar mais destaque para os vídeos nos equipamentos nos lançamentos mais recentes.

Uma nova líder na categoria mirrorless fullframe? A Sony dominou o noticiário em 2018 conquistando a liderança em mirrorless full-frame nos mercados norte-americano e europeu. A Sony completa dois anos desde o lançamento da A9. Uma mirrorless de respeito. A A6500 vai fazer 3 anos em 2019. Devemos ver boas novidades da marca para 2019. Lembrando que mirrorless a7 III foi a grande vencedora de 2018 segundo a premiação da DPREview em 2018. Em 2019 tem tudo para dar mais trabalho aos outros fabricantes. Cresce entre videomakers e fotógrafos profissionais.

O avanço das mirrorless de médio formato. A Fujifilm puxou a tendência com a GFX (50 e 100) e agora outras marcas vem na mesma linha. Caso da Canon. Existia um rumor de que a Canon iria lançar um modelo mirrorless com 100 megapixels. E isso deveria ocorrer em 2019. O equipamento da linha EOS R. Segundo indicações da mídia especializada internacional, a Canon iria inicialmente levar o super sensor para um a câmera 5DS/R, mas preferiu encaixar a novidade em uma mirrorless de médio formato. A Canon confirmou que vai lançar um modelo de mirrorless full-frame com gravação de vídeo em 8K.

Câmera que imprime. Se estamos falando de câmeras, não dá para deixar de lado a categoria de câmeras instantâneas. E parece as novidades e lançamentos para 2019 devem seguir com tudo. Lembrando que Fujifilm e Polaroid lideram nesse ambiente com versões híbridas que combinam analógico e digital. A Fujifilm surpreendeu no fim do ano passado com uma Instax que filma e gera impressões a partir dos vídeos. Com os bons resultados mundiais da Fujifilm e Polaroid, outras marcas do mercado e de fora dele começaram a lançar câmeras de bolso com impressora. Caso da HP, LG, Kodak e outras.

As reflex vão sumir? As DSLRs não vão sumir. Talvez vejamos novidades que deem uma renovada nas notícias dessa categoria. Relembrando: o modelos EOS 1DX Mark II vai fazer 3 anos em 2019. A Nikon D5 já tem um tempo de mercado. D610 e D750 estão respectivamente com 3 e 4 anos de mercado. Basta olhar para os lançamentos de 2018 e ver que a dominância das mirrorless foi absoluta inclusive entre as duas líderes em reflex. Basta notar que a Canon lançaou a Canon EOS R e a Nikon com os modelos Z7 e Z6. E a briga para 2019 promete ser ainda melhor.

Participe da primeira turma online da Escola de Negócios FHOX 

Feira Fotografar 2019: o grande encontro da fotografia brasileira

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.