Inovação & Tech 1 semana atrás | Redação

Blockchain avança no mercado da arte

Notícia recente mostra como o mercado da arte começa a ser impactado com a nova tecnologia descentralizada

por Revista FHOX

 

Uma pintura avaliada em milhões de dólares foi digitalizada e convertida em tokens. Em seguida foi vendida com a ajuda da tecnologia blockchain em um leilão digital. A obra 14 Small Eletric Chairs é uma pintura celebrada de Andy Warhol. A peça vale 5.6 bilhões de dólares e parte dela foi convertida em tokens (1.7 milhão em criptomoeda). O leilão digital envolveu mais de 800 pessoas que fizeram suas ofertas com o uso de contratos inteligentes interligados ao blockchain. Investidores e compradores da Ásia e Europa participaram da iniciativa que foi conduzida pela plataforma de arte blockchain Maecenas e com ajuda da galeria de arte Dadiani Syndicate de Londres. A criptomoeda convertida foi o Ethereum (concorrente do BitCoin). O lance final que levou a peça chegou em 6.5 milhões de dólares. O fato é que essa é a primeira vez que uma obra de arte de um grande artista foi convertida dessa forma e vendida com operação de certificados digitais e criptomoedas em um leilão blockchain.

Diversos sites de arte e tecnologia destacaram a venda. O CEO da Maecenas comentou sobre o impacto dessa novidade. Segundo Marcelo Garcia Casil, o blockchain possui o potencial para transformar de forma inovadora o mercado de arte. “A tokenização de ativos é o mais proeminente e animador caso de uso da tecnologia blockchain. Nós estamos orgulhosos em sermos pioneiros. Esta pintura de Warhol é a primeira de muitas, e nós estamos ansiosos para ver e liderar a revolução financeira no mercado artístico” disse. O fato é que o cripto leilão obteve vários feitos. Como ajudar a atrair novos compradores no mercado de arte e criar um vínculo exclusivo nesse formato de venda.

Eleesa Dadiani, fundadora da galeria Dadiani Syndicate também falou sobre essa transformação: “Nosso objetivo é abrir o futuro dos investimentos em arte para o mundo todo. As criptomoedas ampliarão o mercado, trazendo um novo tipo de comprador para a arte”. É mais uma notícia que confirma o potencial da tecnologia blockchain agora no mercado da arte. Sobretudo por ajudar a fazer isso de forma segura, transparente e garantindo os interesses de compradores e vendedores.

FHOX: mais que uma revista, uma ferramenta indispensável para quem vive fotografia

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.