3 meses atrás | Leo Saldanha

Banlek: uma plataforma tipo Uber para fotógrafos e consumidores

Startup carioca é destaque na mídia com novo serviço via aplicativo que conecta clientes com fotógrafos

por Revista FHOX

Como pesquiso e leio muito vi outro dia sobre essa startup do Rio de Janeiro, a Banlek. O negócio digital via app foi destaque em matérias recentes no jornal O Globo, Época Negócios e em outros sites de notícias. A ideia é simples: um aplicativo que ajuda o consumidor a encontrar o fotógrafo mais perto. Dali em diante os próximos passos envolvem o contato entre as partes e agendamento. No descritivo do site da Banlek existe a informação de que o consumidor não tem compromisso de compra. Mas para o profissional cadastrado participar da ferramenta tem vantagens. Como por exemplo permitir mais um meio de divulgação.

Comece 2020 no R.U.M.O. certo – Conheça a atividade da ENF que vai ajudar você em seus negócios

Assim como outros empreendimentos digitais inovadores, Banlek surgiu de uma necessidade dos fundadores. Sérgio Illa, que é do Rio, foi para a praia fotografar a pedido do filho surfista. Começaram a aparecer outros interessados e Sérgio notou a oportunidade. O aplicativo foi lançado no começo desse mês e atende ao Brasil todo.

O conceito Uber que inspira o novo negócio ocorre na comodidade para o consumidor final. A pessoa baixa o app, coloca o que precisa e na mesma hora aciona os fotógrafos cadastrados. O cliente aceita e tudo de forma imediata. Sem compromisso de venda, o parceiro que vai clicar vai até o interessado e fotografa. Depois é gerado um álbum exclusivo e o consumidor pode comprar só as fotos que quiser. Não existe menção sobre taxas para o fotógrafo. O que o serviço menciona é uma cobrança de 15% para cada foto vendida. A matéria do vídeo acima da Record diz que a startup está com resultados acima do esperado e com expansão do serviço para formatura e aniversários.

O desenvolvedor do projeto Jonathas Guerra virou sócio da iniciativa que é ao mesmo tempo engenhosa e ousada. Para o consumidor mais uma conveniência e para o fotógrafo é mais uma plataforma disponível para tentar fechar mais trabalhos. Como é uma startup carioca, a Banlek parece ter mais força na região nesse momento. Outro negócio similar já foi mostrado aqui no site da Fhox. Só que era mais enfocado em surfistas.

Saiba mais: Banlek

APOIE O MELHOR CONTEÚDO!
A MISSÃO DA FHOX SEGUE A MESMA FAZ 30 ANOS. NOSSO OBJETIVO É LEVAR INFORMAÇÃO ÚTIL E DE QUALIDADE PARA AJUDAR OS LEITORES QUE ATUAM E APRECIAM A FOTOGRAFIA. A FHOX É MUITO MAIS DO QUE UMA REVISTA, TRATA-SE DE UMA PLATAFORMA INTEGRADA QUE OFERECE CONTEÚDOS EM DIFERENTES CANAIS (SITE, IMPRESSO, EVENTOS, VÍDEOS E PODCAST). UMA CENTRAL DE INTELIGÊNCIA DE MERCADO PARA FOMENTAR AS MELHORES PRÁTICAS E NEGÓCIOS DA FOTOGRAFIA. ASSINE A FHOX! E NOS AJUDE A CONTINUAR CRIANDO MELHOR INFORMAÇÃO PARA VOCÊ