News 2 meses atrás | Leo Saldanha

A genialidade de uma pergunta estúpida

Tom’s Diner cobra R$ 1,50 para quem pede o item “pergunta estúpida no cardápio. Entenda como essa ideia viralizou

por Revista FHOX

A matéria sobre o restaurante Tom’s Diner de Denver nos Estados Unidos varreu a internet e as redes sociais no fim de 2019. O local tem no menu a opção “pergunta estúpida” e custa 38 centavos. Parece que se o consumidor perguntar algo estúpido de fato também pode automaticamente ser cobrado pela pergunta. As pessoas se divertem com questões como: traga um copo d’água bem molhado ou se o arroz vem arroz mesmo. Fui pesquisar e o senso de humor do Tom’s Diner conta com outra surpresas: no cardápio os clientes tem na parte da comida saudável os itens: “pule a refeição” ou “ande até sua casa”.

Em tempos de redes sociais e todo mundo com câmera até que demorou para essa história viralizar. Aliás, engenhosa foi a criação desse cardápio que se transforma em um divulgador do negócio no Instagram e outras redes sociais e virou notícia no mundo todo. Resultado: acaba atraindo pessoas com bom humor que ficam curiosas sobre a proposta geral. “Se cobram pela dúvida cretina imagine o que mais oferecem?”. Só que no mais é um restaurante comum e agradável com comida boa. A propósito, a ideia está no cardápio faz 20 anos e nunca gerou reclamações. Muito pelo contrário, se tornou uma tradição e é um dos “pratos” mais pedidos da casa. Hoje custa o equivalente a R$ 1,50, mas quando surgiu em 1999 na inauguração o preço era outro, quando custava R$2,00. Mas fez tanto sucesso que o dono decidiu baixar o valor.

O que Tom’s Diner faz é vender uma experiência já na hora de escolher a comida. A avaliação geral de lá é muito boa e os pratos parecem fazer sucesso. O que só comprova que não existe marketing bom de coisa ruim. No Google são quase 2 mil avaliações com nota média de 4 estrelas (de 5). O fato é que com uma ideia simples eles conseguiram gerar boca a boca. Intencional ou não, temos aqui um case de marketing de conteúdo dos mais geniais justamente pela simplicidade. E como se sabe: as coisas mais simples são justamente as mais poderosas. O case de Tom’s Diner só reforça a máxima de que as receitinhas mágicas não funcionam. Um negócio precisa de criatividade e de responder suas próprias perguntas para ser bem-sucedido. E assim encontrar uma trilha própria para ter resultados efetivos. Nas redes sociais e no Google as pessoas que não conhecem o restaurante perguntam se é verdade mesmo da cobrança. A fotografia entra nessa história toda para comprovar a veracidade de tudo e ajudar no marketing em tempo real (logo MKT 4.0). No caso do Tom’s Diner eles até cobram 38 centavos por uma pergunta estúpida. E acredite: tem muita gente que vai lá só por conta disso…

Na próxima turma da Escola de Negócios Fhox com o Seminário Marketing 4.0 vamos abordar a importância das perguntas para orientar seus negócios na fotografia (são mais importantes do que respostas fáceis e vazias). Saiba mais aqui: ENF MKT 4.0