FHOX 3 semanas atrás | Thalita Monte Santo

A importância da Leitura de Portfólio na fotografia

Nada melhor do que uma leitura de portfólio para ajudar na seleção de imagens e avaliações com criatividade e cuidado

por Revista FHOX

Engana-se quem pensa que as leituras de portfólio são úteis apenas para fotógrafos iniciantes. Elas são, antes de tudo, uma oportunidade de ter o trabalho visto e avaliado por curadores, editores e fotógrafos com outras visões estéticas, que podem contribuir para a evolução do profissional. 

Essa análise cuidadosa e personalizada é tão importante que já foi, muitas vezes, o divisor de águas para a carreira de muitos fotógrafos. 

Quem deseja submeter seus trabalhos a galerias, por exemplo, necessita ter trabalhos selecionados com olhar curatorial. E nada melhor do que uma leitura de portfólio para ajudar na seleção de imagens e avaliações com criatividade e cuidado. 

Segundo Aline Inagaki, fotógrafa infantil, de parto e família, por mais que o fotógrafo tenha algum assistente, quando ele coloca uma linguagem estética em cima das fotos é muito difícil deixar de lado visões pessoais sobre o trabalho. 

leitura de portfólio

“E aí é super importante se ter um olhar externo, sem nenhum compromisso de te agradar ou não. Então, consultar um outro profissional que tem o único objetivo de te avaliar é uma experiência muito boa, muito construtiva”, explica. Ela também afirma que a leitura de portfólio é importante para o desenvolvimento do ouvir de fora, ouvir de alguém que tem só esse objetivo. 

Grazi Ventura, que trabalha com fotografia de família documental e lifestyle, acredita que é na leitura de portfólio que o profissional pode descobrir pontos fortes e onde pode melhorar para oferecer cada vez mais um trabalho excepcional aos seus clientes. 

“Como nós, fotógrafas, estamos muito envolvidas com o nosso trabalho, fica mais difícil nos julgar. E na leitura de portfólio você tem a oportunidade de escutar alguém de fora que pode te dar inputs sobre seu trabalho. Uma pessoa de fora, que não tem um envolvimento emocional com o seu trabalho e que pode te ajudar a ver os pontos fortes e os pontos a melhorar de uma maneira mais clara e mais neutra”, diz, Grazi. 

É importante destacar também que o próprio processo de preparação para a leitura já auxilia o fotógrafo, pois faz com que ele organize seus trabalhos, pensamento visual, sequências de histórias e crie argumentos para defender seu modo de trabalho. 

Ficou interessado sobre os processos de uma leitura de portfólio? Quer ter seu material avaliados por olhares cuidadosos e que entendem do assunto? Então não deixe de participar das leituras do FHOX Newborn 2019, que acontecem no dia 2 de outubro, em São Paulo. 

Inclusive, Aline Inagaki e Grazi Ventura estarão presentes para avaliar trabalhos e tirar dúvidas. Faça agora mesmo a sua inscrição aqui.