Entrevistas 2 anos atrás | Jucelene Oliveira

Talento de Priscila Fontinele é destaque no FHOX On The Road Recife

Fotógrafa conversará com o público sobre diversos temas

por Revista FHOX

Por Jucelene Oliveira

Na próxima semana, dias 25 e 26 de outubro, ocorre o FHOX On The Road Recife, evento que oferece uma rica programação para fotógrafos de casamento, newborn, família e outras áreas do ramo fotográfico.

Um dos principais destaques deste ano será a participação da fotógrafa de casamento, Priscila Fontinele, que estará no palco principal palestrando sobre diversos temas. Para conhecer mais de seu trabalho, siga-a no Instagram: @priscilafontinele

Nascida no interior do Ceará, ela foi para Pernambuco aos 12 anos. Vinda de uma família de fotógrafos, a fotografia sempre esteve presente em sua vida. Hoje, criatividade é uma das marcas de seu trabalho que começou há sete anos e se desenvolve por um estilo diversificado. O trabalho de Priscila atrai clientes dispostos a investir em sua arte não somente no Brasil.

Esbanjando simpatia, contou a Mozart Mesquita um pouco sobre seu processo criativo, início da carreira, trabalhos realizados fora do país, dificuldades e motivações da profissão e antecipou o que deve compartilhar com a plateia do evento na semana que vem. Para assistir a live na íntegra, basta clicar abaixo ou acessar a nossa página do Facebook: FHOXonline


A rica pauta educacional do FHOX On The Road Recife

Segundo Priscila, a “internet é uma ferramenta crucial em sua vida profissional, atualmente o melhor meio de publicidade para alcançar pessoas”. Ela destaca o Instagram como sua principal forma de também interagir e ganhar a simpatia de seus clientes. “O Instagram é uma vitrine e oferece recursos muito úteis para o meu trabalho. Por ele posso enviar orçamento para o cliente. E o Stories é incrível, pois dá para passar quem você é e o que está fazendo no seu dia a dia.”, disse.

Questionada sobre a expectativa para o FHOX On The Road Recife, ela disse que está ansiosa para o evento, e que trará um material importante para as palestras. Seus temas incluem viagem através da fotografia, criatividade, redes sociais, como apresentar e conseguir vender para atingir clientes de outros estados e até países. Ela também disse que usa outras redes sociais que não são muito conhecidas e vai ensinar o público a utilizá-las corretamente.

Mozart Mesquita quis saber sobre o mercado da fotografia em Caruaru, cidade onde ela mora.

“O mercado tem crescido muito para a área da fotografia. Caruaru é a capital do agreste e aqui há muito aconchego. Aliás, o povo nordestino é muito acolhedor. E como aqui na cidade há festas de sobra, o trabalho tem crescido”.

Confira algumas fotos do trabalho da fotógrafa.
noiva
18157421_1901997130017059_4918536713975315635_n
14900351_1810711742478932_3916565504488981957_n

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

18527275_1911743482375757_677305562996323530_o

Os internautas que acompanharam a live interagiram o tempo todo, enviando perguntas e mensagens. O internauta Erik Monteiro quis saber como foi a experiência dela em fotografar no exterior, numa realidade cultural completamente diferente do Brasil.

Priscila Fontinele faz ensaio de casal em igreja submersa no “Velho Chico”.

“O choque cultural maior nem é pelo idioma e olha que eu nem falo inglês. É mais por encontrar uma luz para o trabalho. Eu sempre procuro conhecer o local um dia antes para estudar as possibilidades de criação. Além disso, converso com o casal, verifico figurino, o que eles querem. Gosto de ter uma foto informal e nem sempre o casal tem tanta liberdade. Normalmente as noivas são brasileiras e estão se casando com um estrangeiro. Na Europa, por exemplo, se há um aviso de que não pode alguma coisa, então não pode mesmo, diferente do Brasil quando diz que não se deve pisar na grama e todo mundo pisa”, brincou.

14732334_1810707902479316_5031561698284349970_n 14601021_1810711555812284_6996927938481355687_n

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ela ainda contou que tem vontade de conhecer a Holanda e a Irlanda, que essas viagens vão contribuir para o estilo de seu trabalho. Destacou também que algumas de suas maiores referências na fotografia nem são fotógrafos de casamento.

“David LaChapelle, fotógrafo de moda, é um cara que cria, faz uma mega produção, e por isso, me inspira muito. Mas sem dúvida minha maior referência são os filmes. Todo dia eu assisto pelo menos um, às vezes, dois. Hoje eu revi Lion, um filme lindo. Gosto muito de dramas”.

A internauta Maria Nascimento quis saber sobre quais conselhos ela daria para quem está começando na fotografia.

“Uma coisa que me ajudou muito foi não criar uma expectativa muito grande em termos de retorno financeiro. E nem no retorno do público. O trabalho é um longo caminho. Precisa estudar muito, fazer cursos, fotografar, ir clicando e se divertindo. Acima de tudo, não pode ter medo da crítica, de se decepcionar. Pegue uma lente emprestada, junte-se com pessoas que querem crescer, faça freela. Tudo isso ajuda”, explicou.

Para ela, o cliente que a contrata tem por última preocupação o preço. “Ele busca uma experiência e às vezes, o preço não importa muito. Se ele quiser, eu coloco a mochila nas costas e vou até ele. É ele quem decide. Meu pai trabalha comigo e minha família me apoia muito”.

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.