Entrevistas 2 anos atrás | Mozart Mesquita

A maturidade do olhar de Julio Trindade

Gaúcho radicado em Florianópolis, é um dos expoentes na fotografia de casamento da capital catarinense aonde atua há mais de 12 anos

por Revista FHOX
julio-trindade-7Julio Trindade

Abrir uma conversa com Julio Trindade é se preparar para dar algumas boas risadas no decorrer do papo. Seu alto astral combina com a cidade em que foi morar, por razões profissionais na carreira da esposa. “Atuei no ramo gráfico e também me envolvi com fotografia de natureza e acho que essa bagagem se incorporou na minha fotografia de casais”, afirma Trindade, que explora contrastes, luzes e saturação desde os tempos que fotografava em cromo as belezas naturais da ilha de Florianópolis.

Hoje Julio, aos 47 anos, se vê cada vez mais retratista e enxerga estar vivendo a maturidade do seu olhar. “Venho buscando diferenciar minha fotografia, tentando captar o clima de cada casal de noivos que fotografo, penso menos no mercado e mais nos clientes, me desvinculando de pre-sets e modismos e olhando para dentro”, narra Trindade, completando “Não posso falar só de casamento. Na minha dinâmica de ensaio, entre uma piada e outra tem um click. São fotos despojadas. Sem muita expectativa de gerar uma foto top. Tiro o peso das costas deles dizendo que eles não são modelos e que eu não sou fotografo profissional”.

Segundo Julio levou doze anos para atingir esse estágio. E esse é um dos principais conselhos que ele tenta passar aos colegas mais novos e que estão chegando agora ao mercado: tentar ser menos ansioso e competitivo e menos preocupado com prêmios e concursos. “Os entrantes precisam entender que não podem evoluir pensando nos outros. O parâmetro pelo outro não funciona por que não é a vida dele, é outra cultura, outra realidade”, explica Julio, concluindo que “numa fabrica de iguais, todo mundo fotografa igual e vira o império dos clichês. O plágio do plágio.” Um assunto de grande importância na fotografia de casamento de hoje e que tem sido motivo de palestras de muitos fotógrafos pelo Brasil e pelo mundo. Rafael Karelisky, vencedor por dois anos seguidos do prêmio Wedding Best, organizado pela FHOX anualmente, é um que tem abordou o assunto em uma série de palestras intitulada “por que a fotografia de casamento anda tão igual”.

No evento FHOX On The Road de Florianópolis nos dia 05 e 06 de outubro, tanto Julio quanto Rafael irão poder debater esse assunto, com dois outros renomados profissionais da capital catarinense: Dalmo Ouriques e Lauro Maeda. Por enquanto, aproveite para ver abaixo uma galeria com alguns grande cliques de Julio Trindade: