Blog do Léo
Por Leo Saldanha
É publisher da FHOX e também responsável pela Escola de Negócios FHOX leo@fhox.com.br

Você aperta o botão e o robô faz todo o resto

Iniciativas que envolvem inteligência artificial e robozinhos no Facebook Messenger podem indicar um caminho de impressão de memórias importantes perdidas nas redes sociais

por Revista FHOX Publicado há 2 anos atrás | por Leo Saldanha

chatbots_definition

Nas últimas semanas vi algumas matérias sobre Chatbots que ajudam na impressão de fotografias. O primeiro veio de um email da Sueli Araújo da HP Indigo Brasil. No artigo, o exemplo de uma empresa especializada em criar robôs de atendimento e venda de serviços de impressão dentro do Facebook Messenger. Uma inovadora empresa B2B (business to business) que ajuda as marcas nessa nova forma de atender os consumidores finais. Basta pedir para o Chatbot o que você quer imprimir e ela responde e envia o serviço. Mas o que é um Chatbot? É um robozinho que funciona dentro do Facebook Messenger (ou de sites e outros redes sociais) e que interage de forma automática com os consumidores. Não é novidade esse tipo de serviço no Facebook. Seja no atendimento ao consumidor ou mesmo para outras atividades simples de contato ou suporte.

Eu mesmo uso um app de idiomas que traz um professor Bot que conversa com você via mensagem para treinar inglês e espanhol. É fascinante.

duolingchatbot-1200x800
Duolingo. Uma nova forma de aprender com a ajuda de robôs (Bots)

 

Fiz muitas pesquisas para palestras nos últimos meses. Está claro para mim que a inteligência artificial vai avançar cada vez mais em todas as áreas da fotografia (e de todo o resto na verdade). Em breve vamos conversar com o Photoshop ou usar módulos que ajustam a câmera automaticamente no estilo preferido até outras coisas mais inusitadas.
392x696bb

A Kodak e outras marcas estão olhando para os dispositivos móveis como oportunidade de impressão. De fato, nas lojas de fotografia, mais da metade dos serviços já vem desses aparelhos. Estamos caminhando para 5 bilhões de aparelhos no mundo. O problema é que poucos imprimem fotos e o valor ainda é baixo. É aí que entra o marketing. De ofertar produtos diferenciados (decoração com fotos e fotopresentes) e cobrar mais por isso. A diferença com essa novidade do Chatbot é o ambiente. Hoje, quase todos os dias, entramos no Facebook. Ali estão mais de 100 milhões de brasileiros conectados. Todo mundo joga foto ali. A cada 10 brasileiros conectados, 8 estão com conta no Facebook. Um parte das imagens descarregadas ali é importante (memórias afetivas). Meu exemplo explica isso. Ontem vi uma foto de sete anos atrás da minha filha bebezinha. A ideia de um botão de imprimir dessas imagens marcantes é bastante acertada.

 

Zebra Instant foi destaque em matéria da Forbes. O artigo mostra que os robozinhos conseguem ajudar na compra de tickets de concertos, jogos e shows. E agora facilitam a vida de quem quer imprimir fotos via Facebook Messenger. Uma forma de conseguir monetizar em uma comunidade que conta com mais de 2 bilhões de usuários (1.15 via mobile) que compartilham 300 milhões de milhões de fotos compartilhadas todos os dias. Isso só no Facebook (se contar Insta e WhatsApp o número seria muito maior). O texto da Fobes indica que só no Messenger são compartilhadas 17 bilhões de fotos por mês. O case destacado é da Zebra Instant, empresa que cria Chatbots voltados para impressão. E o enfoque do time da Zebra Instant é claro: fazer tudo ficar simples e fácil dentro do próprio Messenger. O usuário pode escolher o produto e enviar direto pela ferramenta. Na entrevista com O CEO da Zebra Anton Pereiaslavtsev, o relato que a ideia surgiu porque as pessoas não tem mais espaço (ou paciência para baixar mais um app, seja ele de impressão ou outra coisa). Logo, pode fazer tudo de forma fácil e rápida dentro do Messenger é um diferencial. Quer testar agora? entre e simule sua compra aqui: http://www.zebrainstant.com/

O teste do site The Verge não deu muito certo. O app recomendou uma foto da ex-namorada para imprimir
O teste do site The Verge não deu muito certo. Em um dos teste o app recomendou uma foto da ex-namorada para imprimir

O Chatbot da Kodak – A primeira novidade é a função Made For You do aplicativo Kodak Moments. Funciona com um algoritmo que encontra as melhores fotos antigas no smartphone. A novidade chega junto com a nova versão iOS 11 da Apple. Aqui que fique claro. Existe a tecnologia dentro do app para ou no Facebook Messenger. A novidade fez barulho a ponto de sair na respeitada revista de tecnologia e negócios Fast Company. Eles explicam que a nova ferramenta do app batizada de Made For You recomenda as impressões inclusive com sugestões de formatos de impressão e fotopresentes (no app). O robô da Kodak trabalha com recursos de inteligência artificial que usam fatores como localização e até reconhecimento fácil. A escolha é baseada em outros fatores subjetivos criados pela marca. E ainda verifica se a imagem tem qualidade de impressão. Já no Facebook a ferramenta foi batizada de Kodak Moments Assistant. Basta iniciar uma conversa com a ferramenta para que as sugestões dentro do Facebook ocorram. Importante: é necessário autorizar o sistema a entrar no seu perfil para analisar todas as suas fotos esquecidas no Facebook. O fator de sugestão segundo a empresa envolve questões como marcações de amigos, relacionamentos, engajamento, etc. As fotos sugeridas sempre aparecem dentro do Facebook Messenger. E ainda vem com links para ver mais fotos e um botão de imprimir da dica sugerida. Interessante é que o usuário pode também enviar uma foto para o Bot pedindo a impressão. Nos Estados Unidos, onde o serviço já está disponível, o consumidor pode receber as impressões em casa ou buscar na loja mais próxima (um quiosque).

Falando em quiosque. Essa tecnologia de inteligência artificial também existe nos quiosques da Fujifilm. O usuário vai na loja (Wonder Photo Shop), descarrega as fotografias no cartão de memória ou via redes sociais e depois o sistema de inteligência da Fujifilm faz a escolha das melhores fotos segundo critérios de qualidade visual. Vi um teste dessa tecnologia na Photokina (maior feira de fotografia do mundo) e o resultado é surpreendente.

Wonder Print Station. Quiosque Fujifilm seleciona as melhores fotos para o consumidor.
Wonder Print Station. Quiosque Fujifilm seleciona as melhores fotos para o consumidor.

Vale relembrar que Google Photos também trabalha com essa tecnologia. No Brasil só para sugestão de fotos e slideshows e montagens. E nos Estados Unidos até com serviço de impressão de photobooks.

kodak2
Seja qual for a solução de Bot ou inteligência artificial, o alvo dessas ferramentas é claro: mães com idade entre 24 e 44 anos que fotografam muito seus filhos pequenos. A matéria da Fast Company (ácida e um tanto cruel com a Kodak) traz alguns dados relevantes. O texto diz que 28 milhões de norte-americanos imprimem fotos com frequência (Lembrando que a população total nos Estados Unidos é de 323 milhões de habitantes) e que a hashtag Kodak Moments conta com quase 324 mil hashtags . O fato é que a ideia de inteligência artificial e sistemas automáticos para gerar impressão finalmente chegou nas redes sociais. Isso é bom, porque assim as pessoas tem mais essa opção na base de um clique ou toque de dedo. Resta saber se os consumidores vão abrir suas informações de privacidade para Chatbots e se a oferta de produtos será atraente e sedutora o bastante para gerar interesse em imprimir fotografias. Como alguém que atua nesse mercado e acredita na importância da foto no papel, eu espero que sim.

Untitled-4

Em tempo: a Kodak Alaris criou a maior campanha internacional dos últimos anos (desde 2013). O o projeto Kodak Moments envolveu até o fotógrafo britânico Martin Parr. O site traz fotos do renomado fotógrafo envolvido na divulgação da campanha do app e da nova plataforma. Parr é o presidente da celebrada Agência Magnum.