Blog do Léo
Por Leo Saldanha
É publisher da FHOX e também responsável pela Escola de Negócios FHOX leo@fhox.com.br

Sebrae diz: “a fotografia é um bom negócio para 2019”

Relatório elaborado pelo Sebrae coloca a fotografia como um dos serviços com mais potencial para 2019

por Revista FHOX Publicado há 5 meses atrás | por Leo Saldanha

A notícia apareceu em destaque na Folha, G1 e no próprio site do Sebrae. E a dica é clara: Segundo o relatório do Sebrae, o melhor caminho para empreender é no setor de serviços. O estudo do Sebrae lançado no fim de 2018 olhou para diversas áreas e diferentes setores da economia. Uma pesquisa feita com o cruzamento de informações do Sebrae (que atende milhões de empreendedores de todo o Brasil) e infos também da Receita Federal.

Nota Fiscal Eletrônica de Serviço

A instituição indica ainda que as melhores perspectivas para 2019 estão espalhadas em distintas áreas de vários mercados. “O macro setor de serviços é o que apresenta maior destaque. O que é positivo, pois já reflete a recuperação da renda e do mercado de trabalho como um todo” disse João Henrique Sousa, presidente nacional do Sebrae. Mais do que mostrar os setores, o relatório do Sebrae avalia as expectativas de acordo com a economia. E fez isso cruzando a base de dados da Receita Federal. Logo é uma combinação de um retrato do que ocorreu em 2018 e do que vem por aí em 2019. Tudo sob a ótica dos pequenos empreendedores. A esperada retomada da economia com aumento no consumo e no emprego devem ter impacto positivo ao longo do ano. Mais dinheiro no bolso, mais consumo de serviços. O estudo indica que a trajetória de ligeira recuperação do rendimento médio dos trabalhadores deve impulsionar as empresas, sobretudo as micro e pequenas que atuam na prestação de serviços pessoais.

Leia também: Movimento Imprimir 

“Voltamos a caminhar na direção das tendências de longo prazo da economia, com destaque para a expansão das atividades de serviços nas áreas de transporte, saúde, educação, além das tradicionais atividades de alimentação, como vestuário e serviços pessoais”, diz Sousa.

Cursos EAD grátis do SEBRAE. Não tem desculpa para não tentar aprender. 

Como a safra agrícola esperada para este ano é próxima de 238 milhões de toneladas de grãos, são favorecidas ainda as empresas pequenas que ofereçam serviços voltados para o setor agropecuário, as fornecedoras de insumos agrícola e os pequenos comércios varejistas próximos aos principais pontos de produção agrícola do país. Pode parecer que isso não tem relação direta com fotografia. Mas tem sim. Na verdade tem relação com todo o tipo de consumo de produtos e serviços dos mais variados. Milhões de pessoas vivem em função do Agrobusiness direta e indiretamente. Imagine um estúdio em uma cidade do interior. Os clientes desse negócio trabalham com produtos agrícolas. Safra boa e mais faturamento trazem resultados na ponta. Do varejo até o estúdio que vende retratos para a família de agricultores.

O mapa de oportunidades do relatório Sebrae para 2019:

Atividades com potencial de expansão nesse ano. Marquei os que de alguma forma estão relacionados com nosso mercado.

Serviços pessoais:
Assistência a paciente no domicílio, restaurantes e similares, cabeleireiros, manicure e pedicure, instalação e manutenção elétrica, fotografia, lavagem, lubrificação e polimento de veículos, serviços de alinhamento e balanceamento de veículos, casas de festas e eventos.

Serviços prestados às empresas (B2B):
Serviço de apoio administrativo, serviço de entregas, marketing direto, promoção de vendas, organização de feiras, congressos e festas.

Serviços nas áreas de transporte, saúde e educação:
Treinamento e desenvolvimento profissional, transporte escolar, transporte de carga, serviço de táxi, atividades de ensino, serviços de diagnóstico por imagem, instituições para idosos, atividades de fisioterapia, atividades de condicionamento físico, atividade ambulatorial (exames).

Serviços de informática e comunicação:
Serviço de comunicação multimídia, desenvolvimento de programas de computador, provedores de conteúdo, reparação de equipamentos de comunicação.

Serviços de apoio à agropecuária:
Manutenção e reparação de máquinas agrícolas, serviços de agronomia e de consultoria de atividades agrícolas e pecuárias, atividades veterinárias.

O fato da fotografia aparecer em destaque no estudo faz todo sentido. Basta olhar dois pontos: 1 – hoje temos mais smartphones do que brasileiros. Todo mundo com câmera no bolso (conectada). 2 – Na USP (universidade de São Paulo) o curso de audiovisual é um dos mais disputados da mais importante universidade da América Latina. Some aí outros fatores importantes:

– O Brasil é o país que mais consome redes sociais no mundo. Facebook, Twitter e Instagram são feitos em boa parte por fotos e vídeos. Seja para os consumidores finais se divertirem ou para as marcas de todos os portes se promoverem.

– O Brasil é um dos países mais vaidosos do mundo. O mercado de cosméticos, estética e cirurgia plástica segue bombando mesmo na crise. Vaidade é combustível para fotografia profissional.

Brasil. Mesmo com a crise dos últimos anos segue um dos países que mais consome estética no mundo

– Vivemos na era da imagem e as marcas e pessoas precisam de imagens e vídeos de alta qualidade para divulgar (on e offline), registrar e ajudar a promover e instruir. Isso vale para negócios ou para consumidores finais. As possibilidades são grandes com opções abertas em multimídia. Hoje o profissional mais completo que cria materiais com fotos e vídeos tem chance maior de se destacar. Ao menos deveria ser assim para quem domina essa linguagem. Em um mundo com trilhões de fotos sendo geradas por ano deveria ser mais valorizado.

Existe um “porém”. Segue  a onda da venda sem oferta de diferenciação (e experiência). Algo que é certeza de preço baixo. Precinho costuma ser a estratégia dos preguiçosos e de quem não sabe o que fazer. Enfim, a boa notícia desse relatório do Sebrae é evidente. Fotografia é um bom negócio em 2019. Uma prestação de serviços que é tendência em uma economia prestes a aquecer. Como você vai fazer para se beneficiar disso deveria ser tema para outro estudo. Mas tenho um palpite certeiro: não existe regrinha de ouro, nem planinho pronto testado por outros. Arrisco a dizer que sua história de sucesso na fotografia em 2019 tem um roteiro previsível e longe de ser simples: testes (tentativa e erro), prazer em atuar com fotografia e muito trabalho pesado. Boa sorte e boas fotos!

Participe da primeira turma online da Escola de Negócios FHOX 

Feira Fotografar 2019: o grande encontro da fotografia brasileira

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.