Por Nicolau Piratininga
É formado em Comunicação Social pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e entusiasta da fotografia. Realizou diversos cursos de especialização em artes e em fotografia, além de atuar em projetos paralelos de registros fotográficos da cidade de São Paulo. Foi gerente da divisão Conservart da empresa Molducenter, especializado em montagens de materiais Fine Art. Possui expertise em acondicionamento, conservação e restauro de acervos em papel. Em 2014 tornou-se o primeiro latino americano a obter o certificado Guild Commended Framer pela Fine Art Trade Guild na Inglaterra de emolduramento de obras de artes.  peixeseco@gmail.com

Oito pontos importantes para pensar em um negócio de impressão Fine Art

por Revista FHOX Publicado há 6 meses atrás | por Nicolau Piratininga

Se você já oferece serviços de impressão Fine Art ou está pensando em fazê-lo, aqui vão oito questões para você pensar em seu projeto ou melhorar o seu negócio.

1 Cuide do ambiente.

O atendimento Fine Art costuma ser individual e leva tempo. Tenha um ambiente agradável, de preferência pintado de cinza neutro e bem e corretamente iluminado. Alguns trabalhos podem demorar algumas horas, e o seu cliente precisa estar confortável. A impressora precisa estar separada das demais. Não se deve ter no mesmo ambiente impressoras com tinta à base de água com impressoras de tinta à base de solvente.

Exemplo de ambiente de trabalho para gerenciamento de cor. Boa iluminação, parede cinza 18%, monitor protegido. Fonte: www.photovideoedu.com

2 Invista em equipamentos: não passe raiva e não perca tempo.

Lembre-se de que o seu tempo é seu maior valor, então investir em computadores capazes de trabalhar com grandes arquivos em um processamento rápido gera um retorno de tempo e aumenta sua produtividade. Nenhum cliente quer ficar esperando o computador destravar ou ficar levando dias para processar a imagem.

3 Seu trabalho exige qualidade e reprodução.

Além de um bom computador, também é necessário um excelente monitor que precisa estar bem calibrado. A realização de provas de impressão ajuda e mostra se o caminho está correto. Trabalhar com tintas originais e papéis de qualidade garantem qualidade de reprodução.

Exemplo de teste de cor para gerenciamento de impressão

4 Qual impressora escolher?

Este é umquesito bem particular. Existem excelentes impressores usando equipamentos das três grandes marcas e todos realizam ótimos trabalhos. Escolher a impressora é uma questão de gosto, mas vale a pena conhecer todas as marcas e possibilidades. Fale com um revendedor especializado, pesquise também sobre manutenção e preço das tintas. Em alguns casos vale a pena investir numa impressora maior que utiliza cartuchos de tinta maiores, com um custo menor por “ml”, pois com algumas trocas de cartucho essa diferença rapidamente se paga.

5 Não restrinja seu trabalho a poucos papéis.

Conheça todos os tipos de papel e suas marcas. Não se preocupe apenas com preço. Amplie suas ideias conhecendo papéis diferentes. Analise as texturas e matérias-primas. Tenha sempre em mãos print-book de papéis. O mercado está restrito há mais ou menos dez papéis, mas as possibilidades são muito maiores, sobretudo para projetos especiais. Cuidado com papéis muito baratos, de qualidade duvidosa. Existem alguns em que a qualidade e o padrão não se mantêm. As marcas tradicionais são mais caras, mas trazem certificações de qualidade.

São diversos os acabamento de papel. Fonte: Hahnemuhle Banco de Imagens

6 Cobre pelo seu conhecimento e invista nele.

Tenha sempre em mente que o maior custo de uma impressão Fine Art não é papel e nem tinta. O maior valor é o seu tempo e conhecimento. Não entre em batalhas de preço em detrimento da qualidade. Lute pela excelência, mostre e cobre por isso.

7 Foque no cliente.

Entenda o problema dele e tente oferecer serviços e produtos agregados. Busque parceiros. Não deixe o seu cliente com uma impressão e um problema na mão. Se ele tiver dificuldades em montar, guardar ou emoldurar seu trabalho, dificilmente voltará.

Fonte: site University Products

8 Pense em longo prazo.

Ofereça serviços diferenciados para clientes diferentes. Além da fotografia, a impressão Fine Art pode ser aplicada para reprodução de obras, criação de brindes e provas de impressão fiéis. Pesquise por museus e galerias da sua região e veja se pode oferecer algum produto ou serviço. Monte um portfólio e saia por aí apresentando a qualidade do seu trabalho. Encante seus clientes.