Vida de fotógrafo
Por Iara Moribe
Iara Moribe faz parte do Conselho Editorial da Revista FHOX e trabalha nela há 25 anos, desde que era uma escola de fotografia. vidadefotografo@fhox.com.br

Fotógrafo de casamento não pode ficar doente!

Ninguém imagina do que um fotógrafo de casamento é capaz de fazer para cumprir o que prometeu

por Revista FHOX Publicado há 2 anos atrás | por Iara Moribe

“Houve uma ocasião em que tive um problema na perna e fui obrigada a imobilizá-la de cima a baixo. Só que eu tinha dois casamentos agendados para o fim de semana e os noivos contavam comigo e exigiram que fosse eu a fotografar. Na época, meus filhos que hoje fotografam profissionalmente e comandam o estúdio eram pequenos e não havia o que fazer.

Coloquei uma calça bem larga, disfarçando o gesso, e fui para a igreja. Ainda bem que naquele tempo não se fazia making of, senão estaria lascada!

Enquanto não começava a cerimônia fiquei sentadinha com a perna espichada perto da porta de entrada. Os convidados me olhavam feio porque tinham que passar por cima da minha perna e achavam que eu era folgada.

Foi muito tenso, mas me superei e fiz os dois casamentos. Difícil era me equilibrar para fotografar. Acabei derrubando uma câmera, mas não aconteceu nada de grave. Cumpri com os meus compromissos e os noivos adoraram as fotos!

Imagino que isso deva acontecer com outros fotógrafos de casamento, porque os noivos acabam contratando você, sem substituto. Não é fácil.”

Fátima-MarcanthFátima Marcanth

 

Fátima Marcanth é fotógrafa há 20 anos. Filha de fotógrafo, ela mãe de Vinícius e Débora, que também seguiram a profissão. O marido, Antônio, também trabalha no estúdio. Eles moram em Alegrete, RS. A família Marcanth vive fotografia 24 horas por dia!