Blog do Léo
Por Leo Saldanha
É publisher da FHOX e também responsável pela Escola de Negócios FHOX leo@fhox.com.br

Fotocabine combina com tudo

Segmento foi destaque em artigo do jornal NYT. Cabines fotográficas de olho nas selfies estão bombando. E quem está investindo nem é da fotografia...

por Revista FHOX Publicado há 2 anos atrás | por Leo Saldanha

mirror-me-booth-foto-master-032-1280x853

A matéria foi destaque em post dessa semana no prestigiado jornal norte-americano. O texto do NYT mostra que as fotocabines estão aparecendo em diversos formatos e estilos. Com enfoque em negócios dos mais variados setores. Detalhe: nenhuma loja de fotografia, estúdio ou fotógrafo aparece como case.

equinox_branded_photo_booth_hashtag_printer-1

Segundo a publicação, a fotocabine representa a nova geração e evolução do quiosque fotográfico. As vantagens desse mercado são citadas no texto:

1 – On-line – Estão conectadas nas redes sociais. Isso ajuda e facilita a divulgação de conteúdo dos usuários e das marcas nesses canais. Branding da melhor qualidade.
2 – Foto no papel – Gera fotos impressas que são lembranças especiais. Dificilmente o usuário ou cliente vai perder a foto, mesmo que tenha um logo ou alguma divulgação na moldura personalizada. Faz sentido porque traz a foto da pessoa naquele momento.
3 – Gente na loja – Gera fluxo, engajamento fidelização. A cabine é divertida, todo mundo gosta de selfies e acaba sendo uma atração para qualquer iniciativa ou negócio. Gera interesse pela marca e é mais uma ferramenta de divulgação e branding.

 

Os exemplos de marcas usando essas fotocabines são variados:

IMG_5945_ppweb

– Warby Parker, a rede de óticas moderninha (EUA) usa a fotocabine para mostrar como os óculos ficam no rosto do cliente. E o interessado pode enviar fotos por email para amigos para saber a opinião quanto ao modelo. Nesse caso, com direito a duas tirinhas de brinde. Na verdade um recurso engenhoso são vídeos de até 15 segundos que também podem ser compartilhados. A marca vê essa interação como momento descontraído. A oportunidade de vender uma experiência associada com os óculos. São 9 lojas das 50 da rede com esse serviço.

 

Dune-London-NYC-PR-Team-Paint-Box-Nail-Art-Menu-9
– Paintbox, um salão de estética de NY. O cliente coloca a mão já com as unhas feitas para ver como fica o resultado e poder compartilhar o resultado final. O serviço de fotocabine ajudou e muito a divulgar o negócio para outras clientes. A empresa considera a impressão como um mimo e uma lembrança importante daquele momento. Para um salão que fica no charmoso bairro do Soho, isso faz toda a diferença. Noivas são clientes frequentes loucas por fotos impressas.

 

0P4A1933
Doomies em Toronto. Sala de Selfie é um apelo do restaurante.

– Doomies – um restaurante vegano de Toronto. Criaram um quarto de selfies com o conceito de espelho mágico. O cliente fica na frente do espelho e gera a selfie. Virou uma atração do restaurante que aproveitou um porão abandonado em um selfie room. Ajuda a divulgar a comida e o restaurante. Gerou até mídia espontânea na TV local e com forte engajamento nas redes sociais.

fotocabine2
– Tracy Anderson Method, rede de academias com enfoque de alta renda, também instalou uma fotocabine em uma das principais unidades em Manhattan. Com direito a props divertidos e temáticos e com quatro aplicações de filtros de rejuvenescimento para embelezar os retratados. A foto também vai parar no Instagram. A academia apostou na ideia porque os alunos já fazima selfies o tempo todo. Na frente do espelho para depois postar no Instagram. A novidade foi bem recebida. Segundo os donos, a fotocabine serve para celebrar os resultados dos exercícios físicos e ajudar na auto-estima.

extralarge
O desafio – nem tudo é perfeito nesse uso da tecnologia das fotocabines. Um dos bloqueios é a questão do espaço necessário para ter o serviço instalado. Ainda assim, o tamanho que ocupa acaba também servindo como um apelo. As pessoas chegam, olham e perguntam o que é. Dali em diante cabe ao time da loja em atuar na interação e venda. E se fotocabine não funciona, talvez tentar uma alternativa. É o caso da SoulCycle, rede de academia que disponibiliza câmeras Polaroid para quem quiser fazer uma foto na hora. Normalmente as fotografias instantâneas ficam expostas no espaço das academias. Um dos diretores da rede, Gabby Cohen, disse que as fotos ajudam a criar a sensação da comunidade. Um elo visual importante. Ele destaca algo ainda mais curioso: pessoas que usam a Polaroid para fazer uma selfie e que depois fotografam de novo aquela cópia com o smartphone para postar nas redes sociais.

Our most colorful Polaroid wall! Check it out at Soul Castro! #SOULpride

Uma publicação compartilhada por SoulCycle (@soulcycle) em

Talvez a explicação para o sucesso das fotocabines seja simples. Elas levam vantagem de encantar com simplicidade em um mundo tão digital. Um diferencial e tanto para quem não desgruda do smartphone.