Thalita Monte Santo
Por Thalita Monte Santo
É jornalista e integra a redação da  Revista FHOX. thalita@fhox.com.br

Porque todo fotógrafo deveria assistir ao novo clipe de Beyoncé e Jay-Z

por Revista FHOX Publicado há 1 ano atrás | por Thalita Monte Santo

Não é de hoje que a cantora norte-americana Beyoncé surpreende a todos com os seus clipes. Mas há dois dias ela e o marido Jay-Z lançaram “APES**T”, que faz parte de seu novo trabalho juntos, o álbum Everything Is Love, onde assinam como The Carters.

O clipe, que tem a estética e fotografia assinadas por Ricky Saiz já possui mais de Treze milhões de visualizações no Youtube.

Beyoncé APES**T

Trazendo também críticas raciais, o clipe foi filmado no museu do Louvre, em Paris, e é cheio de referências artísticas e estéticas. Imagens de obras clássicas e pinturas renascentistas vão compondo as cenas, que brincam com diversos planos cinematográficos e novas interpretações quando bailarinos negros integram as imagens.

Clipe de Beyoncé e Jay-Z

 

Logo no início da melodia, Beyoncé e seu marido estão em um dos principais espaços do museu, a sala onde fica Monalisa. Em sequência, imagens incríveis vão surgindo em uma das cenas mais bonitas do videoclipe: a das escadas do museu.

Beyoncé APES**T

Lá está a Vitória de Samotrácia, escultura que representa a deusa grega Nice e que foi descoberta pelo francês Charles Champoiseau, em 1863, nas ruínas do santuário de Samotrácia, na Grécia. É nesse momento que as bailarinas se levantam nos degraus, com a cantora e Jay-z ao topo, trazendo sincronia, cor e estética ao clipe.  

Juntando os recortes de cenas, que parecem se misturar com as telas do museu, outro detalhe muito importante que chama a atenção são as proporções dos elementos em quadro. Tanto os cantores quanto os bailarinos, ao lado de grandes telas, se tornam pontos fixos da imagem.  

Beyoncé APES**T

As cores e a simetria são detalhes a parte, que harmonicamente se encaixam com as silhuetas, pontos de fuga, perspectivas e ângulos importantes da fotografia. APES**T é um prato cheio para fotógrafos e videomakers que buscam por referências estéticas em seus trabalhos.

Beyoncé APES**T

Outra cena marcante e visualmente bonita é a que os bailarinos e a cantora dançam em frente à Coroação do Imperador Napoleão, do pintor neoclássico Jacques-Louis David (1894). E uma das mais comentadas, desde que o clipe foi lançado, é a que os bailarinos Jasmine Harper e Nicholas “Slick” Stewart aparecem com a Mona Lisa ao fundo. Ela também é a capa de Everything Is Love.

Clipe de Beyoncé e Jay-Z

Além do contraste do hip-hop com o clássico e renascentista, o vídeoclipe é, sem dúvidas, uma verdadeira obra de arte e inspiração para quem trabalha com imagens.

Confira: