Por Marcio Prestes
Marcio Prestes é fotógrafo e trabalha junto com a esposa (e também fotógrafa) Kelly Schmidt no estúdio Kelly Schmidt Fotografia. Juntos, eles tocam um belo negócio de fotografia de casamento e família em Pelotas no Rio Grande do Sul. Palestrante da última Alasul e do FHOX On The Road Floripa, Marcio Prestes se destaca pelo trabalho diferenciado que vem fazendo. Sobretudo nas questões de ganhar mais tempo com fluxo de trabalho. Ter mais tempo para poder se fazer o que se gosta.

2017, o que esperar do novo ano?

Marcio Prestes fala da importância da adaptação e do quanto é importante mudar para melhorar sempre

por Revista FHOX Publicado há 2 anos atrás | por Marcio Prestes

a505cefa1fc821f8930ea1bca191d0d9

Eu sei, virada de ano é para encerrar ciclos, todo mundo se reúne,  a TV faz retrospectiva, o mundo conta suas tragédias, pessoas se vestem de branco e quanto mais perto do famoso 31 de Dezembro, mais a alegria e a esperança enche o coração de todos.

E você, fez o que na virada do ano? Pulou as sete ondinhas, vestiu branco, comeu lentilha e grãos de uva, ou fez sei lá qual ritual religioso ou cultural da sua região? Espera que com isso o ciclo não satisfatório da sua vida acabe e que o novo ano lhe traga boas novas? Eu tenho tristes notícias a lhe dar!

O mundo está em constante mutação, e cada vez mais rápido, vivemos em um tempo onde a adaptação ao meio é a maior virtude, currículos já não importam mais, onde você estudou não faz diferença, a diferença é quem você é e o que de bom e diferente você consegue fazer ou tem a oferecer.

Eu respeito suas crenças, mas você precisa abrir os olhos e ver que a simples mudança de calendário não fará da sua vida algo que ela não era antes, a menos que você crie dentro de você a energia necessária para agir e alcançar seus objetivos.

Quer saber o que eu espero de 2017?

Espero poder me superar como profissional, espero criar um desejo encantador nos meus clientes, espero estar a frente das tendências de mercado, espero ter uma grande ideia para o ramo em que atuo e quem sabe com isso atingir ganhos financeiros maiores, espero identificar onde venho falhando e espero que a roda do mundo globalizado e conectado que nos consome a cada dia me dê tempo para consertar meus erros. Vou confessar a vocês que foi isso que eu pedi à meia noite do dia 31, mas acordei no dia 1º do mesmo jeito que fui dormir, então me dei conta que cabia a mim a tarefa de me ADAPTAR a realidade atual.

kellysfotografia_full

Eu gostaria muito de, no ano que vem, ver todos vocês orgulhosos do que fizeram em 2017, com mais motivos para sorrir e com objetivos alcançados, então não fiquem parados, nem se apoiando no conhecimento que já possuem, pois, o mundo daqui para frente será dos que a cada dia superarem as expectativas e se adaptarem a realidade.

Um bom ano de fotografia a todos!