Wedding 3 meses atrás

Alysson Oliveira, o dono do melhor álbum de casamento do Brasil

Vencedor da sétima edição do Prêmio Wedding Best - O Álbum conta o segredo de seu trabalho

por Revista FHOX

Equilibrar profissionalismo com o mais íntimo do emocional pode não ser tão fácil quanto parece, e o mineiro Alysson Oliveira sabe bem disso. Fotógrafo de casamentos há mais de 10 anos, recentemente ele registrou uma união muito especial, logo após ter a maior perda de sua vida: o falecimento de sua mãe.

Mesmo de luto, Oliveira encontrou forças para trabalhar. “Fotografar esse casamento, para mim, foi um desafio muito grande. Eu fotografei no sábado de manhã e minha mãe havia falecido na sexta-feira. Sabia que isso um dia iria acontecer, mas não imaginei que seria tão rápido”, explica emocionado ao se recordar.

Na data, conhecidos o aconselharam a chamar outro fotógrafo para cumprir a agenda, mas Oliveira insistiu. “Muita gente falou para eu não ir, que eu não daria conta, que era melhor mandar outro profissional, mas o cliente não tem culpa do que acontece na nossa vida. Por mais que ele entenda que se trata de um ser humano, ele nos contrata bem antes”, conta.

A história dos noivos é muito bonita e marcante, segundo ele. Quando se casaram há 50 anos, Sr. Orialdo e a Dona Edith não tiveram condições de fazer uma festa de grandes proporções. E na comemoração de suas bodas de ouro resolveram celebrar. O fotógrafo, que se identificou muito com o casal, reuniu forças de onde não tinha e conseguiu registrar os melhores detalhes da cerimônia.

Trabalhar para contar histórias vencedoras Oliveira explica que seu foco é contar histórias. E quando elas são expressadas com amor, trazem grandes resultados, como o que aconteceu com o álbum do casamento de Orialdo e Edith. O fotógrafo decidiu inscrever as imagens no 7º Prêmio Wedding Best – O Álbum. E, logo em sua primeira participação no concurso, teve o seu trabalho reconhecido como o melhor álbum de casamento do Brasil.

Foto: Di Oliveira

“Mandei com toda a convicção de que eu ficaria entre os 35 finalistas na semifinal. E eu jamais imaginei que um dia ganharia um prêmio de tamanha proporção. Participar do Wedding Best era um sonho meu. E ele é o reconhecimento de um trabalho que a gente fez com muito amor e carinho”. Falando sobre o seu processo de trabalho, ele conta que é fundamental ouvir os clientes, conhecer a história deles e torná-la parte de tudo o que for desenvolver. Sobre suas inspirações, explica que as encontra fora da fotografia de casamento para não cair no clichê.

“Para minhas fotos não ficarem iguais às que outros fotógrafos fazem, eu busco referências na fotografia street e de natureza. Eu bebo de várias fontes para criar o meu conceito”, revela.

Para Oliveira, um bom ensaio é aquele onde o profissional domina a técnica, faz uma boa composição e direção de imagem. Mas o grande segredo para fotografias vencedoras, segundo ele, é encher o coração de amor e buscar, constantemente, a melhor foto.