Autoral 6 meses atrás

A fotografia cinematográfica e detalhista de Jusung Hyung

"Fotografia é sobre tentar entregar a mensagem mostrada na cena. Se eu fosse usar a literatura ou o ato de escrever como exemplo, o cinema seria como escrever um romance ou um ensaio, enquanto a fotografia poderia ser vista ou expressa como um poema”

por Revista FHOX

O fotógrafo e cineasta sul-coreano Jusung Hyung, é dono de um portfólio surpreendente. Ele consegue equilibrar cor, linhas, luz e formas de uma maneira totalmente simétrica, como se as imagens fossem, cuidadosamente, frames de um filme. Fotografando espaços urbanos e pessoas, ele define suas relações pessoais com os meios (fotografia e cinema) como hobby e profissão. Sua abordagem e filosofia em relação a esses dois médiuns estão interconectados, mas também fundamentalmente distintos um do outro, segundo ele. 

“Quando se fala da diferença no método de abordagem entre o cinema e a fotografia, é importante primeiro entender que, como o filme nada mais é do que fotografias em movimento, os movimentos da câmera, a narrativa e a química com o ator são importantes. Fotografia é sobre tentar entregar a mensagem mostrada na cena. Se eu fosse usar a literatura ou o ato de escrever como exemplo, o cinema seria como escrever um romance ou um ensaio, enquanto a fotografia poderia ser vista ou expressa como um poema”, explica.

Conheça mais sobre o seu trabalho: