Agenda 3 meses atrás | Redação

São Paulo com uma semana intensa de atrações fotográficas

Estreia da exposição de Irving Penn no IMS SP, SP Arte Foto, Alpha Cities de Lucas Lenci na Galeria de Babel e Bob Wolfenson no Espaço Cultural Porto Seguro

por Revista FHOX

Semana cheia de atrações de alto nível em São Paulo. Coloque na agenda e divirta-se.

Hoje (21) começa a exposição Irving Penn Centenário no IMS SP. Com 250 fotos do lendário fotógrafo de moda norte-americano, uma oportunidade para ver de perto o legado fotográfico do mestre. A mostra foi exibida pela primeira vez no Metropolitan Museum of Art e apresenta um panorama mais de 250 fotografias de diversos estilos e que trazem um apanhado completo dos 70 anos de carreira do grande mestre da fotografia. Saiba mais: Irving Penn no IMS SP. 

 


Amanhã (22) começa a SP-Arte/Foto. A 12° edição do evento reúne trabalhos de grandes nomes da fotografia nacional e internacional. Além de apreciar as obras, os visitantes poderão comprar fotografias das 34 galerias que estarão presentes no evento. German Lorca (96 anos) é o grande homenageado da 12.ª edição da SP-Arte/Foto. Grandes nomes da fotografia também estarão em evidência por lá. Como David LaChapelle, Mauro Restiffe, Miguel Rio Branco e Vik Muniz. SP-Arte/Foto terá ainda apresentações e debates exclusivos e mostras individuais. SP-Arte/Foto deste ano vai de quarta a domingo no Shopping JK Iguatemi. Saiba mais: SP-Arte/Foto 

 


Quinta (23) , Lucas Lenci apresenta 14 obras em grande formato da série Alpha Cities. Em sua primeira exposição na Galeria de Babel, a exposição traz texto introdutório de Roseli Nakagawa, o projeto faz uma provocação: propõe cidades perfeitas, construídas ao redor da natureza. “Tratam-se de paisagens idealizadas, onde locais com alta densidade demográfica aparecem fundidos a áreas bucólicas. No projeto, cada imagem é composta por dois fotogramas e dessa simbiose nascem, por exemplo, casas e escritórios próximos a reservas ecológicas, um grande centro comercial construído a poucos quilômetros de uma fazenda de gado, ou ainda, extensas áreas verdes ao lado de enormes torres espelhadas. Com São Paulo, Nova York ou Dubai misturadas à Amazônia ou à Mata Atlântica, uma visão romantizada sobre o Brasil, de grandes zonas verdes, é reconstruída digitalmente. As composições apontam para uma fotografia surreal, mas este aspecto não está claro, uma vez que a grande maioria das imagens são sutilmente montadas para confundir o espectador” diz a apresentação da exposição na Galeria de Babel. Saiba mais: Alpha Cities da Galeria de Babel 

 


Sexta (24) – Mostra Bob Wolfenson: Retratos traz mais de 200 retratos de um dos principais fotógrafos do país. Uma das referências nacionais quando se trata de retrato, nus e moda, Bob Wolfenson transita com a mesma destreza entre a publicidade e a arte. Ao longo de seus quase 50 anos de carreira, é responsável por alguns dos retratos mais marcantes da recente iconografia brasileira. E para comemorar sua trajetória, o fotógrafo apresenta a exposição Bob Wolfenson: Retratos, que será aberta ao público a partir do dia 23 de agosto, no Espaço Cultural Porto Seguro.
Com curadoria de Rodrigo Villela, a mostra traz diferentes aspectos de uma atividade profissional intensa, a partir de mais de 200 retratos, vários deles ainda inéditos, e convida a um singular passeio pelos costumes e protagonistas das últimas décadas de nossa história.

Bob Wolfenson: Retratos funde diferentes núcleos: há espaço, por exemplo, para personalidades da cultura, do esporte, da política e da moda, com fotos produzidas para editoriais ou por iniciativa do fotógrafo. Entre os retratados, nomes como Hélio Oiticica, Fernanda Montenegro, Caetano Veloso, Tais Araújo, Marília Gabriela, Lázaro Ramos, Camila Pitanga, Anitta, Ludmila, Laerte, Zé Celso, Lula, Fernando Henrique Cardoso, Paulo Maluf, Luiza Erundina, Eduardo Suplicy, Pelé, Ronaldo e muitos outros. Saiba mais: Bob Wolfenson. Retratos

Sábado (25) – O Itaú Cultural apresenta a mostra German Lorca: Mosaico do Tempo, 70 Anos de Fotografia, que revisita vida e obra de um dos mais relevantes fotógrafos brasileiros, que permanece em atividade aos 96 anos. A curadoria é de Rubens Fernandes Jr., com assistência de José Henrique Lorca

German Lorca atuou em diferentes campos da fotografia e carrega a fama de grande fotógrafo de São Paulo, tendo acompanhado e registrado a modernização da cidade. Nascido em 1922, o artista segue experimentando as evoluções tecnológicas: guarda um grande acervo de câmeras, mas também fotografa com seu smartphone. A exposição se distribui em dois andares do instituto para revisitar seu histórico de produção, apresentando suas fotografias mais icônicas, suas diferentes facetas de atuação – de fotografias autorais a imagens publicitárias –, sua história no Foto Cine Clube Bandeirante e seus registros da cidade de São Paulo. Para contar sua trajetória e construção de carreira, o espaço reúne ainda retratos de família, a primeira fotografia que tirou, autorretratos, certificados, troféus e medalhas, além de homenagens recebidas, como registros que outros fotógrafos fizeram do artista. Itaú Cultural 

Saiba mais: German Lorca: Mosaico do Tempo, 70 Anos de Fotografia

Leia também: descontos incríveis da Semana da Fotografia FHOX

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.