Agenda 2 meses atrás | Redação

Nomes da fotografia nacional prestigiam exposição Retratos de Mãe, de Andréa Leal, em São Paulo

A fotógrafa e a designer e joalheira Mellina Machado lançaram linha de joias para adornar o botão disparador da câmera Fujifilm

por Revista FHOX

Na noite desta terça-feira (12/06), nomes da fotografia nacional se reuniram em São Paulo para prestigiar a vernissage da exposição Retratos de Mãe, de Andréa Leal. Aberta ao público a partir desta quarta-feira (13/06) e até 13/07, a mostra acontece na Galeria Studio Trend, em Pinheiros, onde os convidados foram recepcionados em um coquetel. Entre as presenças, Namour Filho, embaixador mundial da Fuji;  Luciano Souza, proprietário da Viacolor; Mozart Mesquista, diretor da Revista Fhox e da Feira Fotografar;  Carla Durante, fotografa e vice presidente da ABFRN – Associação Brasileira de Fotógrafos de Recém-Nascidos; o coaching Ricardo Ojeda Marins, da Infinite Luxury; os fotógrafos Simone Silvério e Jaiel Prado e a designer  e joalheira Mellina Machado.

Coquetel de inauguração da exposição da Andrea Leal na nossa galeria com realidade aumentada

Posted by Simone Silvério on Tuesday, June 12, 2018

A exposição, que propõe o uso da fotografia como instrumento de valorização e mudança social, traz histórias de vida e superação de 18 personagens reais dos artigos da jornalista pernambucana Sílvia Bessa, com curadoria de Simone Silvério. Mulheres protagonistas na família e na sociedade. que fazem o retrato do povo brasileiro: afetuoso e capaz de ressignificar suas vivências em atos de coragem, mas sem perder a ternura e a delicadeza. Um convite à emoção e uma homenagem às mulheres e mães do Brasil. Interativa e acessível, a visita disponibiliza, diante de cada retrato e por meio de um aplicativo de realidade aumentada, vídeo de cada mulher contando sua trajetória.

Na ocasião, a fotógrafa Andréa Leal e a designer e joalheira Mellina Machado lançaram uma linha de joias para adornar o botão disparador da câmera Fujifilm. A coleção traz peças com acabamento em prata em sete opções de pedras preciosas diferentes: amazonita, malaquita verde, ônix preta, opala branca, quartzo rosa, lápis-lazúli e opala double, também conhecida como opala azul. Especialistas em eternizar momentos importantes, as duas resolveram unir suas artes para tornar especial o momento único do click, personalizar e conferir charme e uma marca ao equipamento.

Fotos: Studio Trend. 

Serviço:


Exposição Retratos de Mãe
De 13 de junho a 13 de julho de 2018, gratuita, de segunda a sábado, das 9h às 18h 
Galeria Studio Trend, Rua Costa Carvalho, 213, bairro Alto de Pinheiros, São Paulo

 


Saiba mais sobre a exposição:

Exposição traz mulheres fortes, com histórias de luta, superação e amor
Marcando o Dia da Imprensa, mostra gratuita com acessibilidade e interação retrata personagens reais de jornalista premiada que redirecionou carreira impactada pelo protagonismo feminino


No mês de junho, em que se comemora o Dia da Imprensa,  uma exposição traz a São Paulo as personagens reais dos artigos de uma premiada jornalista brasileira que redirecionou sua carreira impactada pela força da própria maternidade e do protagonismo feminino. Novas, de meia idade ou idosas, brancas, negras, com ou sem instrução educacional, independente de condições financeiras, as mulheres são protagonistas na família e na sociedade e o retrato do povo brasileiro: afetuoso e capaz de ressignificar suas vivências em atos de coragem, mas sem perder a ternura e a delicadeza. A Exposição Retratos de Mãe, da fotógrafa Andréa Leal, acontece de 12 de junho a 13 de julho de 2018 na Galeria Studio Trend, no bairro Alto de Pinheiros, para mostrar 18 mulheres com histórias de vida marcantes, com a curadoria da fotógrafa paulista Simone Silvério. Um convite à emoção e à reflexão sobre os exemplos de dedicação, luta e superação. Uma mostra com acessibilidade e interação, onde os visitantes poderão baixar no celular um aplicativo de realidade aumentada e, diante de cada retrato, assistir a um vídeo ou ouvir a um áudio de um minuto da própria personagem contando sua trajetória. A exposição segue aberta ao público, de segunda a sábado, das 9h às 18h, com apoio de Fujifilm , Magipix, Viacolor e Virtual Produções.

A exposição é pano de fundo para a aparição dessas mulheres fortes, com uma história pra contarConheça algumas delas: Depois de passar oito horas em poder de sequestradores ao lado da filha criança, Beth largou a profissão e se transformou em contadora de histórias, com a missão de dar atenção e afastar crianças carentes da criminalidade.
Afastada do sonho de ser professora pelo machismo do pai e do marido, Rosa fez concurso público às escondidas com a “conivência” dos filhos, entrou numa sala de aula pela primeira vez aos 55 anos e hoje ensina as crianças a dizer não à opressão e ao preconceito, falando de autoestima e valorização do negro a crianças da rede pública de ensino e suas famílias.
Com uma situação financeira estável, Áurea já trabalhava como voluntária quando Pernambuco foi atingido pelo surto de microcefalia. Ela começou frequentando hospitais para dar apoio às mães e hoje se dedica a projetos que as integre ao mercado de trabalho, ensinando a fazer e vender bijouterias e doces. Aos finais de semana, leva os bebês raros para sua casa, faz campanhas para arrecadar fraldas, remédios e alimentos e é tida como um anjo da guarda para as famílias.
Na criação da filha e na vida, Beca é incansável na valorização de mulheres e das negras e na não-romantização da maternagem.