Apoie a FHOX Impressa e garanta recompensas incríveis!


No Ceará, exposição fotográfica tem saudade como tema

[media-credit name=”Márcio Távora” align=”alignleft” width=”300″]saudades-1[/media-credit]

Para muitos, a fotografia é um modo de eternizar bons momentos, nos garantindo uma forma de recordar sempre que olharmos para a fotografia. Mas e quando queremos registrar uma ausência? “Arte da Lembrança – A Saudade na Fotografia Brasileira” abraça esse desafio. A exposição abre para visitação amanhã (18) no Museu de Arte Contemporânea do Ceará, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, e fica em cartaz até 26 de março. A mostra reúne 123 imagens de fotógrafos do Ceará, São Paulo, Pará, Rio de Janeiro, Bahia e Pernambuco.

[media-credit name=”Iêda Marques” align=”alignright” width=”300″]saudades-2[/media-credit]

“A proposta não é tratar a saudade do ponto de vista da dor, do sofrimento. A exposição está muito mais ligada à melancolia, uma saudade próxima da literatura”, afirma o curador Diógenes Moura, que há 10 anos vem realizando pesquisa sobre o tema. Entre as imagens selecionadas, fotografias tiradas entre 1915 e 2015. As obras incluem desde eventos públicos, como a construção de Brasília, a momentos de luto em família.

[media-credit name=”Elza Lima” align=”alignleft” width=”300″]saudades-3[/media-credit]

“É um desafio muito grande transformar em fotografia um significado tão volátil, tão imaterial. Por isso mesmo, a exposição ficou tão bonita e cheia de significados”, diz Gilvan Barreto, fotógrafo que participa da mostra. Gilvan ainda destaca ainda a complementação entre foto e texto dentro da exposição: “São imagens que renascem de palavras. Unimos fotografia, literatura e existência.”