Conheça o ImageCon - Conferência do Imaginário

“Viver, Conviver & Reviver” começa por São Paulo

56 pessoas que vivem no Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre, e com mais de 55 anos de idade, formam o universo da exposição fotográfica “Viver, Conviver & Reviver”, idealizada pelo projeto “Itaú Viver Mais”.

[media-credit name=”HRS” align=”aligncenter” width=”800″]HRS-2[/media-credit]

Thomas Baccaro levou quatro meses para retratá-las. Na edição das imagens, cada personagem ganhou dois retratos em preto e branco: um de plano americano, outro de corpo inteiro. Durante as sessões era selecionado um gênero musical para que o retratado se descontraísse diante da câmera. “São pessoas comuns e muitas delas foram fotografadas dançando. Também gravei todas as conversas, para destacar uma frase no retrato de cada uma delas.”

[media-credit name=”HRS” align=”aligncenter” width=”800″]HRS-1[/media-credit]

A mostra é acompanhada de dois textos. O de apresentação, “A arte de ficar mais velho”, de autoria do médico Drauzio Varella; e o que trata do fotógrafo, “Vida longa, arte eterna”, do crítico de artes visuais Paulo Klein. “Três são os pilares de Thomas Baccaro: Giuseppe Baccaro [um dos maiores expoentes das artes plásticas no Brasil], Mario Cravo Neto com quem conviveu algum tempo [o fotógrafo] e Babenco [Hector, o cineasta]. Praticamente foram os três pais dele. Também cito o ‘Carandiru’ [o filme], que ele fez um belo registro de bastidor; sua participação na Bienal de Florença. Enfim, acompanho todo o trabalho dele. Interessante que ele selecionou as frases e até os prints, ele fez em seu estúdio”, comenta Klein, justificando por que lhe caberia apenas um texto de apresentação do fotógrafo.

“Viver, Conviver & Reviver” fica até 22 de junho, no Conjunto Nacional.

Nota: o médico Drauzio Varella estava em compromisso acadêmico nos Estados Unidos, na abertura da exposição em 6 de junho de 2017.