Exposições 6 meses atrás | Redação

Instituto Tomie Ohtake recebe exposição sobre fotografia árabe contemporânea

O conjunto das imagens expostas e a diversidade dos artistas, ao invés de reforçarem estereótipos culturais, exploram o “taswir”, ato de fotografar

por Revista FHOX

Pela primeira vez na América do Sul, a mostra Taswir, a fotografia árabe contemporânea reúne um importante recorte do acervo de fotografia do Institut du Monde Arabe – IMA, de Paris. Os artistas e as obras selecionadas integraram a 2ª Bienal de Fotografia do Mundo Árabe e a exposição Cristãos do Oriente – 2.000 anos de história (IMA), ambas realizadas na capital francesa em 2017 e 2018 respectivamente.

Taswir, a fotografia árabe contemporânea, apresentada no Instituto Tomie Ohtake, é uma parceria entre o espaço paulistano, a Câmara de Comércio Árabe-brasileira, o Consulado Geral da França em São Paulo e o Instituto do Mundo Árabe.

Taswir
Foto: Divulgação

Com cerca de 70 trabalhos de 14 artistas oriundos ou atuantes em várias regiões da África, Golfo Arábico e Oriente Médio: Ahmad El-Abi (Egito); Jaber Al Azmeh (Siria); Roger Grasas (Espanha); Laila Hida (Marroco); Rania Matar (Libano); Zied bem Romdhane (Tunisia); Stephan Zaubitzer (França); Tasneem Alsultan (Arábia Saudita); Héla Ammar (Tunisia); Mohamed Abusal (Palestina); Lazare Mohamed Djeddaoui (Siria); Tanya Habjouqa (Jordania), Douraïd Souissi (Tunisia), Michele Borzoní (Itália).

O conjunto das imagens expostas e a diversidade dos artistas, ao invés de reforçarem estereótipos culturais ou se encerrarem em um único tipo de produção, exploram, antes de mais nada, o “taswir” (ato de fotografar) a partir de vasta gama de assuntos e temáticas, desde questões formais e documentais até temas latentes do mundo contemporâneo, como feminismo e identidade de gênero.

Leia também: Maratona fotográfica de Florianópolis abre inscrições para sua 25ª edição 

“Os artistas recuam, no tempo e no espaço, dos tumultos atuais. Eles se distanciam, às vezes fingem que ignoram, mas os fragmentos da realidade – seja social, histórica ou cultural – transpiram em suas imagens. De certa forma, todas essas fotografias são testemunhas dos dias conflituosos em que vivemos”, define Gabriel Bauret, curador da 2ª Bienal.

Filmes Mundo Árabe Contemporâneo, durante Taswir, a fotografia árabe contemporânea

Como parte da exposição, esta mostra de filmes, realizada com o apoio do Consulado Geral da França no Brasil e do Institut Français, traz produções de diferentes nacionalidades buscando retratar a realidade política, social e cultural dos países que integram o mundo árabe.

Parte-se de diretores argelinos, tunisianos, egípcios, iraquianos, marroquinos e israelenses buscando dar um panorama da produção cinematográfica árabe contemporânea. Assim, a seleção não se restringe a produções que abordam as questões políticas e religiosas que perpassam os conflitos locais, mas busca no cotidiano de seus personagens realizar uma imersão nessas culturas tão plurais.

Serviço: Taswir, a fotografia árabe contemporânea
Visitação: a partir de 29 de março de 2019
Término: 28 de abril de 2019
Entrada franca | terça a domingo, das 11h às 20h
Classificação Indicativa: Livre

Instituto Tomie Ohtake – Av. Faria Lima 201 – Complexo Aché Cultural
(Entrada pela Rua Coropés, 88) – Pinheiros SP
Metrô mais próximo – Estação Faria Lima/Linha 4 – amarela
Saiba mais em: www.institutotomieohtake.org.br