Conheça o ImageCon - Conferência do Imaginário

“Romance Postal”

Manifestações de amor, amizade, por cartões postais popularizaram-se no início do século 20. Um pouco desse universo que une fotografia, intervenções em aquarela, colagens e outras técnicas pode ser vista na galeria Utópica, antiga FASS que completa dez anos de atividades em São Paulo.

[media-credit name=”Estúdio Reutlinger” align=”aligncenter” width=”787″][/media-credit]

“Romance Postal” reúne 49 cartões postais produzidos entre 1900 e 1915. Tem curadoria do crítico de fotografia Rubens Fernandes Junior. Os cartões postais foram a primeira manifestação da fotografia no formato múltiplo e de grandes tiragens, tornando-se um importante instrumento de comunicação. Também foram aproveitados nas correspondências amorosas das pessoas.

[media-credit name=”Estúdio Reutlinger” align=”aligncenter” width=”787″]RP_C_01_026[/media-credit]

Esses postais têm autorias diversas, entre eles Paul Boyer (1861-1908), reconhecido na história da fotografia, pois inventou o uso do magnésio para o flash; Estúdio Reutlinger, que iniciou a utilização de máscaras, tipos gráficos, fotomontagem, o estilo art nouveau nos cartões postais; K.F. Éditeurs, na verdade Künzli Fréres Éditeurs, através de Carl Künzli que manteve estúdios em Zürich e Paris simultaneamente; e Paul Nadar (1853-1939) filho do famoso fotógrafo francês Félix Nadar.