Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


Até 29 de julho, Caixa Cultural São Paulo recebe a exposição “Sombras e mistérios”

A Caixa Cultural São Paulo apresenta, até 29 de julho, a exposição “Sombras e mistérios”, de Mac Adams, um dos fundadores da Arte Narrativa (Narrative Art).

Com curadoria de Luiz Gustavo Carvalho, a exposição, inédita no Brasil, apresenta ao público brasileiro dípticos fotográficos da série “Tragédias Pós Modernas”, desenvolvida pelo artista na década de 1980 como uma forma de reflexão sobre as políticas econômicas desenvolvidas por Margaret Thatcher e Ronald Reagan, no Reino Unido e nos Estados Unidos, respectivamente.

Os visitantes também poderão conferir as séries “Espaços Vazios e Ilhas”, além das esculturas “Bart Simpson/Mickey Mouse” e “Coelho”, que integraram uma exposição no Museu Rodin, em Paris.

Sombras e mistérios

Provocando colisões híbridas entre tragédias sociais e utensílios de design, os objetos espelhados cromados fotografados por Mac Adams refletem nas suas superfícies situações violentas e inquietantes, que contradizem completamente as formas metálicas perfeitas.

“Em uma época onde a palavra pós-verdade foi escolhida como uma das palavras que melhor representa a nossa sociedade, é impressionante ver a contemporaneidade desta série em diversas culturas”, comenta Luiz Gustavo Carvalho.

Leia também: Recife recebe mais uma vez o FHOX On The Road

Com uma obra que encontra as suas raízes na rica tradição oral e escrita dos contos do País de Gales, nos romances de Arthur Conan Doyle, no cinema de Alfred Hitchcock, assim como no cinema noir, Mac Adams desenvolveu ao longo das últimas décadas um trabalho de importância singular em duas e três dimensões, explorando o potencial narrativo da fotografia e da instalação na composição e construção de cenas misteriosas que nos levam à fronteira das normas sociais.

Como um contador de histórias, ele utiliza fotografias e objetos, em uma estreita relação semiótica. A exposição na Caixa Cultural São Paulo apresenta também os trabalhos do artista anglo-americano que dialogam com a sombra.

Este elemento que vem fascinando a humanidade desde a Antiguidade é abordado por Mac Adams, por meio de esculturas, nas quais estruturas abstratas projetam sombras figurativas. Estes trabalhos, nos quais a escultura se transforma em pintura e fotografia, influenciaram importantes artistas americanos tais como Tim Nobel e Sue Webster.

“Esta faceta do trabalho de Mac Adams é dotada de um humor singular. No entanto, em toda a sua obra, o artista sempre nos obriga a interrogar a veracidade de elementos que transitam entre a realidade e a ficção”, ressalta o curador.

Serviço:

Exposição “Mac Adams: Sombras e Mistérios”

Local: CAIXA Cultural São Paulo – Praça da Sé, 111 – Centro

Visitação: até 29 de julho

Horário: 9h às 19h (terça a domingo)

Classificação indicativa: livre para todos os públicos

Entrada franca

Acesso para pessoas com deficiência

 

Thalita Monte Santo
É jornalista e integra a redação da Revista FHOX. Escreva para: thalita@fhox.com.br