Apoie a FHOX Impressa e garanta recompensas incríveis!


Chichico Alkimim, pioneiro da fotografia de estúdio em Diamantina, ganha exposição no IMS

Chchico Alkimim - IMS

O fotógrafo Francisco Augusto Alkmim (1886-1978), mais conhecido como Chichico Alkmim, acaba de ganhar uma exposição no Instituto Moreira Sales (IMS), até o dia 15 de abril de 2018. Ele, que foi pioneiro na fotografia de estúdio em Diamantina, Minas Gerais, atuou na profissão até 1955.

Chchico Alkimim – IMS

Sua fotografia é uma das principais referências da memória visual de Minas Gerais. Ele retratou a burguesia, mas também registrou a rotina dos trabalhadores do garimpo, a indústria e o comércio.

Chichico Alkmim foi o primeiro cronista visual da cidade, e suas obras retratam as mudanças de Diamantina, a arquitetura, a religiosidade, costumes, ritos e retratos de seus habitantes.

Além disso, registrou casamentos, batizados, funerais, festas populares e religiosas. Parou de fotografar em 1955, mas continuou cuidando de seu acervo até 1978, ano de sua morte. Vale a pena conferir a exposição e descobrir a singularidade dos registros históricos do fotógrafo.

Instituto Moreira Sales – IMS

Avenida Paulista, 2.424. Gratuito.

Até 15 de Abril de 2018.