Exposições 3 meses atrás | Redação

Estação da luz recebe exposição em homenagem ao Dia Internacional da Síndrome de Down

por Revista FHOX

Em parceria com o estúdio Lidi Lopez, a estação da Luz recebe a exposição do projeto Amar, Viver e Voar, com 18 fotografias de crianças e famílias que convivem com a síndrome.

A mostra faz parte das comemorações do Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado no dia 21 de março, e tem como objetivo desmistificar preconceito e alertar sobre a importância da inclusão de crianças com Síndrome de Down na sociedade.

Enrico Rodrigues e seu sorriso largo (Foto: Equipe Lidi Lopez)

A data foi instituída em 2006 pela Down Syndrome International. A condição é causada por uma falha no processo de divisão celular do embrião: ao invés de se dividir e formar um par, o cromossomo “21” aparece com três exemplares em pessoas portadoras da síndrome.

Bruna Fiorillo, uma das fotógrafas responsáveis pelo projeto, conta que a ideia surgiu a partir de um convite feito por uma cliente, mãe de um bebê portador da síndrome. “Topamos fazer o projeto como uma forma também de encorajar outras famílias a fazerem ensaios fotográficos. Retratamos muitas crianças, mas poucas delas têm Síndrome de Down”, explica.

Aberta ao público, a mostra é gratuita e poderá ser conferida até o dia 2 de abril.

Maria de Angeli Tognolo com a mãe Aline e a irmã Manoela (Foto: Equipe Lidi Lopez)
O pequeno Rafael Piscochi com a irmã Manuela (Foto: Equipe Lidi Lopez)
Mariana Yamasaki, com o pai Reinaldo (Foto: Equipe Lidi Lopez)
Heitor Borges e sua alegria que contagia (Foto: Equipe Lidi Lopez)
João Pedro Mousinho com a mãe Ana Paula (Foto: Equipe Lidi Lopez)
A encantadora Maria Alice Moraes (Foto: Equipe Lidi Lopez)

Serviço: Projeto Viver, Amar e Voar

Até 2 de abril de 2018

Avenida Prestes Maia, 925, Centro – São Paulo (SP)

Entrada gratuita