Exposições 3 meses atrás | Flávio A. Priori

“Apto 22” é mostra de fotos influenciadas pelo suspense do cinema

Retratos tirados pela fotógrafa Adriana Granado trazem composições intrigantes.

por Revista FHOX

A fotografa Adriana Granado registrou uma série de 14 auto retratos e um vídeo arte que foram produzidos em diferentes apartamentos pelos quais a artista gaúcha morou na cidade de São Paulo. Sob o nome de “Apto 22”, a mostra é influenciada pelo cinema de suspense.

A série explora aspectos de uma identidade construída por situações fictícias, que remetem a ambientes comumente vistos em filmes cujo suspense predomina. ¨A série foi desenvolvida por meio de uma sistemática lenta e construída. Posso dizer que é um contraponto à rapidez com que imagens são produzidas nos dias de hoje¨, afirma a artista.

Apto22-2

Sobre o trabalho, o filósofo e escritor Pedro Bonfim Leal escreve: ¨em Apto 22, há a sensação de que estamos no meio de uma narrativa, com os personagens absortos em ações misteriosas que se tornam para nós, espectadores, carregadas de tensão. Pouco se decifra: em primeiro lugar, temos uma só ou várias narrativas? Trata-se da mesma personagem? Esta é vítima ou criminosa? O caráter de suspense não quer ou não pode ser resolvido. Nos mantemos imersos em um enigma, suspensos em uma inquietação em 3 tempos: “o que aconteceu?”, “o que está acontecendo?” e “o que acontecerá em seguida?”.

Apto22-3

As fotos ficarão em exposição no Espaço UFF de Fotografia Paulo Duque Estrada, entre seis de fevereiro até 23 de março. O espaço fica na Rua Miguel de Frias, 9 – Icaraí, Niterói, no estado do Rio de Janeiro. De segunda a sexta aberto das 10 as 22, sábados e domingos das 13 as 22. Entrada franca.