Eventos 3 meses atrás | Redação

13ª SP-Foto estreita vínculos entre a fotografia brasileira e a cena internacional

Francesca Woodman, Rochelle Costi, Gordon Matta-Clark, Cinthia Marcelle, Miguel Rio Branco, Sebastião Salgado, Luiz Braga e Mauro Restiffe estão entre os artistas confirmados

por Revista FHOX

A SP-Foto – Feira de Fotografia de São Paulo chega à sua 13ª edição firmando-se como o mais relevante evento de fotografia do Brasil. De 21 a 25 de agosto, a Feira ocupa toda a área de eventos do Shopping JK Iguatemi e reúne as principais galerias, museus e editoras que atuam com fotografia no País. Entre os 43 expositores, retornam as galerias Fortes D’Aloia & Gabriel, Mendes Wood DM, Vermelho, Mario Cohen, Silvia Cintra + Box 4, Luciana Caravello, Luciana Brito Galeria, além de casas especializadas em fotografia vintagecomo a Fólio, a Utópica e a MaPa. Estreiam as galerias Almeida e Dale+ Leme/AD (São Paulo), Galería Zielinsky (Barcelona) e LAMB Arts (Londres, São Paulo).

SP-Foto
Luiz Braga (Galeria Almeida e Dale), Ayrson Heráclito (Portas Vilaseca Galeria), Sebastião Salgado (Galeria Mário Cohen)

 

De Maureen Bisilliat a Bárbara Wagner, atividades como o Circuito Ateliês Abertos, o Meet the Artists e a parceria inédita com a Escrevedeira, espaço de eventos literários, a programação da SP-Foto amplia o contato do público com nomes ascendentes e consagrados da fotografia nacional. Além disso, o evento intensifica o interesse internacional pela fotografia brasileira convidando sete especialistas estrangeiras ligadas a instituições renomadas de arte contemporânea. As curadoras Margot Norton (New Museum, EUA), Barbara Tannenbaum(Cleveland Museum, EUA) e Julieta González (Jumex, México) engrossam reflexões candentes ao mundo da fotografia no Talks desta edição.

Destaques

Para enriquecer a cena de fotografia e arte contemporânea do Brasil, a SP-Foto traz ao público nomes nacionais e internacionais em efervescência nos principais pólos artísticos do mundo. A Mendes Wood DM, uma das mais influentes galerias brasileiras no exterior, apresenta imagens singulares de duas figuras históricas da arte norte-americana: uma série em cores da fotógrafa Francesca Woodman, expostas em 2017 na Fondation Henri Cartier-Bresson (França), e registros das intervenções de Gordon Matta-Clark, nome seminal para a expansão das artes visuais na Nova York dos anos 1970. Também se destacam na seleção da galeria os artistas brasileiros Luiz Roque e Sofia Borges.

Luiz Braga

 

A Vermelho destaca as artistas Cinthia Marcelle, única brasileira com menção honrosa na Bienal de Veneza, e Ana Maria Tavares, que apresenta obra inédita da série Skena in acqua, com fotografias bordadas.

A Dan Galeria apresenta o espanhol José Manuel Ballester com uma série de imagens emblemáticas de São Paulo que retratam ícones como o Pavilhão Ciccillo Matarazzo e o Edifício Copan. Figura mais conhecida por aqui, o britânico Martin Parr retrata com humor e sarcasmo os costumes da contemporaneidade. Suas fotografias são expostas pela Galeria Lume.

Ayrson Heraclito

 

É possível localizar certos eixos temáticos que atravessam a Feira. Artistas como Denise Milan (Galeria Lume) e Caio Reisewitz (Luciana Brito Galeria) refletem acerca de tragédias socioambientais que colocam em risco a vida do planeta. Em outra chave, tanto Janaina Tschäpe (Fortes D’Aloia & Gabriel) como Luciana Magno (Janaina Torres) registram performances que relacionam o mundo interior e a natureza exterior.

Ao todo, a SP-Foto reúne mais de 80 anos de história da fotografia. A MaPa revela obras vintage da coleção deKim Esteve, com artistas fundamentais para o movimento, a exemplo de Helmut Newton e Larry Clark. AUtópica destaca o legado que ícones como German Lorca e José Yalenti deixaram para a formação da fotografia moderna no Brasil.

Talks & Meet the Artists

Parte fundamental na programação da SP-Foto, o Talks abriga encontros entre curadores, galeristas, artistas e colecionadores, personalidades que refletem a respeito das tendências no fazer fotográfico e compartilham práticas e pesquisas. Nesta 13ª SP-Foto, quatro conversas preenchem as tardes de quinta e sexta-feira, 22 e 23 de agosto.

Sob mediação do escritor e curador Miguel Del Castillo, a curadora norte-americana Margot Norton, à frente da próxima trienal do New Museum (EUA), e o arquiteto Guilherme Wisnik, autor da obra Dentro do nevoeiro, conversam sobre o impacto da contemporaneidade digital nas imagens, e os desdobramentos sociais consequentes desse movimento.

Martin Parr

 

Em diálogo com o jornalista e pesquisador Ronaldo Entler, a venezuelana Julieta González, do Museo Jumex(México), analisa como artistas contemporâneos, como Christopher Williams, Rosângela Rennó e Wolfgang Tillmans, se apropriam da fotografia para construírem seus trabalhos. González já fez parte da equipe de curadoria do Whitney Museum (Nova York) e Tate Modern (Londres), onde expandiu de forma significative o acervo de arte latino-americana e, mais especificamente, brasileira.

A integração da fotografia ao mesmo mercado de pinturas e esculturas alterou a percepção da natureza dual da foto enquanto objeto e imagem. O que essas mudanças implicam para o futuro fotográfico? A curadora norte-americana Barbara Tannenbaum, do Cleveland Museum (EUA), aterriza pela primeira vez no Brasil para refletir sobre essas e outras questões do mercado fotográfico, ao lado do galerista Mário Cohen.

Estreia da última edição, o Meet the Artists, programação voltada à troca de experiências com importantes fotógrafos do cenário contemporâneo, volta este ano com a presença de Bárbara Wagner & Benjamin de Burca e Mauro Restiffe, ambos representados pela Fortes D’Aloia e Gabriel, que encontram o público no último dia de Feira, 25 de agosto.

Yamand Canosa

 

Bárbara Wagner & Benjamin de Burca questionam convenções sobre a cultura popular e de massa pela arte contemporânea, evocando temas políticos e identitários em suas fotografias e obras audiovisuais. Além de representar o Brasil na atual Bienal de Veneza, a dupla realizou individuais este ano no Stedelijk Museum, em Amsterdã, e no Pérez Art Museum, em Miami.

Quase ativista da fotografia analógica desde os anos 1980, Mauro Restiffe reapresenta ao público a série Alvorada(2018), com vistas particulares do restauro da residência oficial da Presidência da República. Restiffe atualmente prepara uma grande exposição individual para o centro cultural OGR Torino, na Itália, e outras de suas exposições recentes incluem São Paulo, fora de alcance, no Instituto Moreira Salles, e Álbum, na Estação Pinacoteca, ambas em São Paulo.

O Talks e o Meet the Artists são atividades gratuitas e acontecem no Cubo, novo espaço para eventos situado no 3º andar do Shopping JK Iguatemi. Sujeitas à lotação, as palestras contam ainda com transmissão ao vivo, feita em parceria com o Portal Terra.

Pedro David

Imersão profissional

Além das participações já confirmadas para o Talks, outros importantes curadores estrangeiros desembarcam no País para participar de uma imersão promovida pela SP-Foto.

Tanya Barson, atual curadora-chefe do MACBA, em Barcelona visita o Brasil a convite da Feira. Quando na Tate Gallery, nos anos 2000, ela realizou importantes individuais de artistas como Mira Schendel e Hélio Oiticica, que reposicionaram a arte brasileira nas discussões contemporâneas no exterior. Sophie Hackett, curadora da Art Gallery of Ontario (Canadá) e com larga experiência na relação entre fotografia e o pensamento queer visita o País pela primeira vez.

Entre os que retornam estão Elizabeth Cronin, curadora de fotografia da NY Public Library (Estados Unidos) eSimon Baker, atual diretor da Maison Européenne de la Photographie, em Paris, que esteve na SP-Foto em 2017, quando atuava na Tate Modern.

Essa experiência abarca visitas a coleções públicas e particulares em instituições e galerias, assim como encontros com artistas, sempre com o intuito de promover a arte brasileira e a dinamizar o intercâmbio cultural e profissional.

Pachi Santiago

Setor editorial e museus

Pela primeira vez, a SP-Foto tem um setor dedicado às principais editoras voltadas a produção de fotolivros e outras publicações relacionadas ao fazer fotográfico. A proposta é oferecer prints e livros especiais com valores acessíveis ao público. Editoras com forte presença no mercado, como a Cobogó e a Taschen, participam da 13ª SP-Foto ao lado da BEI Editora, Editora Madalena, Fotô Editorial, Lovely House, Terra Virgem e YOW.

O MASP também debuta na Feira com os catálogos de suas principais mostras, como Foto Cine Clube Bandeirante: do arquivo à rede. E o MAM retorna ao evento com seu tradicional Clube de Fotografia, uma assinatura anual com edições limitadas de importantes fotógrafos brasileiros.

Visitas Guiadas

Em parceria com a Vivo, a SP-Foto oferece percursos temáticos para o público interessado em conhecer as histórias por trás das obras e dos artistas apresentados na Feira. Elaborados e guiados pelos especialistas Paola Fabres, Isabella Lenzi e Gustavo Colombini, os quatro roteiros exclusivos – breve história da fotografia, fotografia e modernidade, cidades e natureza, corpos e identidades – convidam o visitante a uma imersão no mundo da fotografia e nas reflexões que circundam esta linguagem. As Visitas Guiadas acontecem gratuitamente em todos os dias de Feira, com inscrições abertas sempre uma hora antes da saída de cada visita.

SERVIÇO

13ª SP-Foto

  • Abertura: quarta-feira, 21 de Agosto, das 17h às21h
  • Funcionamento: de quinta a sábado (22, 23 e 24), das 14h às 21h; e domingo (25), das 14h às 20h
  • Shopping JK Iguatemi | 3º piso – Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 – Vila Olímpia, São Paulo, Brasil
  • Entrada gratuita

 

Talks

  • 22 de agosto, quinta-feira
    • Margot Norton e Guilherme Wisnik | Das 17h às 18h30
    • Barbara Tennenbaum e Mario Cohen | Das 19h às 20h
  • 23 de Agosto, sexta-feira
    • Julieta González e Ronaldo Entler |Das 19h às 20h

 

Meet the Artists

  • 25 de agosto, domingo
  • Mauro Restiffe | Das16h às 17h
  • Bárbara Wagner & Benjamin de Burca |Das 17h30 às 19h