Concursos 4 semanas atrás | Thalita Monte Santo

Uma aposta sustentável e natural para a impressão Fine Art

Em parceria com a FHOX, Hahnemühle selecionou o trabalho de três fotógrafos brasileiros para estrear sua nova linha de papéis no País

por Revista FHOX

Pensar em soluções que valorizem a fotografia impressa é um dos principais motores do trabalho da Hahnemühle, empresa alemã especialista em papéis fine art. Sempre em busca de inovações, a marca preza por matérias-primas únicas e originais.

Recentemente lançou a Natural Line, uma linha sustentável e inovadora, que é composta pelos papéis Bamboo, Hemp e Agave. As plantas, das quais a celulose necessária é extraída, apresentam crescimento rápido e não necessitam de pesticidas para o seu cultivo. Devido à essa velocidade, elas fornecem mais celulose por área de cultivo que outras matérias-primas. Tudo isso com necessidade reduzida de irrigação, economizando recursos naturais valiosos e protegendo o meio ambiente.

E para apresentar a Natural Line ao mercado brasileiro, em parceria com a FHOX, a Hahnemühle abriu um chamado para que fotógrafos, profissionais ou amadores, enviassem suas melhores fotos de natureza.

A ação foi feita através do Instagram e os participantes deveriam publicar as imagens com as tags:  #SuaFotoNaFHOX, #GreenRooster, #NaturalLine, #Protectwhatmatters. Além de seguir os perfis da FHOX e da Hahnemühle.

O chamamento recebeu diversas imagens. Como proposto no regulamento, três foram selecionadas e impressas, uma em cada um dos novos papéis. As fotografias, que foram avaliadas por uma equipe interna da própria Hahnemühle, são de fotógrafos de três estados diferentes: Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Conheça agora a história por trás de cada uma delas.

O Bugiu

O papel Agave foi o escolhido para a impressão da fotografia

Nilmara Silva, de Cachoeira do Campo (MG), é bióloga e fotógrafa. É de autoria dela a imagem do bugio (Alouatta Caraya) em meio às folhas da árvore. A foto foi tirada em Volta Grande (MG), durante uma saída de campo de seu mestrado. “Eu sempre quis muito encontrar esse primata. Essa foi a primeira vez que eu consegui avistá-los na natureza”, explica.

Forte São Mateus

A imagem foi impressa no papel Hemp

O fotógrafo Hamilton Souza foi quem clicou a imagem do Forte de São Mateus, um dos pontos turísticos mais visitados de Cabo Frio (RJ). “A maré estava alta, o mar com um pouco de ressaca. Ela foi feita durante um dia da semana, pois precisava da praia vazia. Usei uma câmera simples da canon, uma T1i, além de uma lente Vivitar de 7mm”, diz. Ele começou na fotografia em 1996, por hobby. Profissionalmente, trabalha desde 1998.

O amanhecer na Estrada da Caixa D’água

A fotografia foi impressa no papel Bamboo

Foi ao passar pela Estrada da Caixa D’água, em direção à cidade de Tiradentes (MG), que o fotógrafo Dennis Calçada registrou a imagem do início do dia. Ele, que mora em Santos (SP), visitava a cidade, pois seu portfólio havia sido selecionado para integrar o Festival de Fotografia de Tiradentes 2019, que aconteceu em março. “Estava aquele friozinho típico de Minas e eu acordei bem cedo para andar de bicicleta, em busca de cenários diferentes. Consegui encontrar e registrar esse”, conta.

Vale lembrar ainda que as três fotografias escolhidas e apresentadas nessa edição são as primeiras impressões com a Natural Line feitas no Brasil. Para conhecer mais sobre o lançamento e outras linhas de papéis da marca, visite: www.hahnemuehle.com.