Concursos 2 semanas atrás | Redação

MAB abre a convocatória “Minas que me feres – dos crimes à resistência”

O envio dos trabalhos pode ser feito até 9 de outubro

por Revista FHOX

Após a reincidência de rompimento de barragem de mineração com o crime da Vale em Brumadinho, Minas Gerais se revelou uma bomba-relógio, com grande quantidade de barragens em risco de colapso. As comunidades atingidas convivem com a dor, a contaminação e o descaso das empresas, e são vítimas do medo.

Para marcar os quatro anos do crime da Vale/Samarco/BHP em Mariana (05 de novembro) e um ano do crime da Vale em Brumadinho (25 de janeiro), o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) promove a “Jornada de Luta dos Atingidos: A Vale destrói, O Povo Constrói” com ações em Minas Gerais, Espírito Santo, e em todo o país – entre outubro de 2019 e janeiro de 2020. 

Minas que me feres

A proposta da jornada é denunciar as consequências dos crimes na vida do povo atingido e não deixar que os crimes fiquem esquecidos. A iniciativa também busca recuperar o sentido da palavra esperança, fortalecendo a luta, a organização e as famílias atingidas.

Por isso, o MAB convoca fotógrafos, fotógrafas e cineastas do Brasil e do mundo a compartilharem seus trabalhos sobre a vida e crimes nas bacias do Rio Doce e Paraopeba, além dos municípios atingidos pela ameaça do rompimento, como Barão de Cocais, Itatiaiuçu, Congonhas e outros. O envio dos trabalhos pode ser feito até 9 de outubro. 

A convocatória contempla três modalidades: Foto Individual, Ensaio fotográfico e Curta-metragem. Para participar, é possível enviar trabalhos para qualquer uma das categorias, inclusive para as três.

As fotos individuais selecionadas irão integrar uma exposição coletiva que será lançada no dia 5 de novembro de 2019, marco dos 4 anos do rompimento em Mariana, e irá percorrer o Brasil, e outros países do continente que integram o Movimento de Afectados por Represas en América Latina (MAR).

Os ensaios e as produções audiovisuais selecionados farão parte da instalação da mostra, que será inserida durante o Festival das Águas, evento cultural que vai ocorrer em março de 2020 em Belo Horizonte, onde serão realizadas projeções dos ensaios fotográficos e as exibições dos curtas. 

Inscrição via formulário web: https://digite.me/mab/