Concursos 3 anos atrás | Redação

I Concurso de Fotografia Pinhole para estudantes

A ideia da premiação é aproximar estudantes do ensino médio, técnico ou superior dos processos fotográficos químicos

por Revista FHOX
pinhole-postShutterstock

Com o objetivo de estimular a prática de fotografia pinhole no ambiente escolar, para que os alunos tenham contato, de forma prática, com os processos fotográficos químicos e entendam as bases tecnológicas que fundamentam a prática fotográfica, o I Concurso de Fotografia Pinhole premiará as cinco melhores imagens realizadas por inscritos que comprovarem estar matriculados em alguma instituição de ensino, na rede pública ou particular.

Interessados podem realizar a inscrição aqui até hoje, 3/6/2016. Serão aceitas de uma a três imagens por autor, com temática livre. Confira todas as informações no regulamento do concurso e envie seu material.

Fotografia Pinhole

Pinhole (do inglês “pin”, alfinete e “hole”, buraco) é uma câmera sem lentes que utiliza os princípios da câmera escura, conhecida e utilizada desde o século IV a.C. para capturar imagens. Uma câmera escura é qualquer espaço totalmente vedado à luz com apenas um pequeno orifício, em um dos lados, por onde entra a luz que, projetada no lado oposto ao do buraco, forma uma imagem visível. Na pinhole, esse orifício é feito com uma agulha e a imagem pode ser registrada em filme ou papel fotográfico Preto e Branco (PB) ou mesmo nos sensores das câmeras fotográficas digitais.

Câmeras pinhole podem ser construídas de forma artesanal com praticamente qualquer tipo de material como, por exemplo, latas de leite em pó, de madeira, papelão ou mesmo adaptando-se uma câmera, sem a objetiva.

Em uma câmera “convencional”, o diafragma (as “aberturas” da lente) e o obturador da câmera (as “velocidades” do disparador) servem para controlar a quantidade de luz da cena fotografada. Com uma pinhole, a entrada de luz é controlada de forma manual, quando se abre e fecha o orifício feito previamente.